fbpx
Conecte-se conosco

Cultura

O Aldeia Sesc é um festival cultural realizado em 40 cidades brasileiras

Publicado em

em

No Rio Grande do Sul, três cidades recebem o projeto, além de Caxias do Sul. Reconhecido como uma das maiores iniciativas no segmento artístico do país, o Aldeia é um festival cultural com as mais diversas linguagens artísticas: artes cênicas, música, literatura e artes visuais. Seu principal objetivo é unir elos – A formação, o intercâmbio, a distribuição, o acesso e a fruição – da cadeia produtiva da cultura, entre os artistas locais, estaduais e nacionais.

Em Caxias do Sul o festival acontece desde 2013. A partir de 2016 o festival passou a ser idealizado e trabalhado com temáticas especialmente desenvolvidas e articuladas com artistas e produtores de Caxias do Sul, abordando assuntos que permitem maior aprofundamento, trazendo à tona maior reflexão sobre os temas e provocando nos artistas locais o desenvolvimento de sua arte por meio da temática proposta pelo Sesc. A exemplo em 2016, a temática foi “Os 100 anos do Samba”, em 2017 “Estação MPB” e em 2018 “Savará”, em 2019 “Celebração do Feminino: Terra, Mãe, Mulher e 2021 “Conexões de um Novo Tempo”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Festa dos 90 anos: um show para ficar na memória

Publicado em

em

Rick e Renner cantaram seus grandes sucessos, fizeram dançar e emocionaram um público de mais de 4 mil pessoas

Fotos: Mauricio da Rocha Palma

Um show de nível nacional, com toda a estrutura que um espetáculo desse tamanho deve oferecer. Conforto, segurança, emoção e muita diversão. Cerca de 4 mil pessoas estiveram no domingo, dia 12 de março, no Clube do Trabalhador, a Sede Campestre dos Metalúrgicos de Caxias do Sul, para comemorar os 90 anos da entidade, em uma festa que fechou com chave de ouro uma semana repleta de atividades para marcar a data.

Além de Rick e Renner, a festa contou com diversas atrações.

Desde as 14h, antes e nos intervalos dos shows, a animação ficava por conta do DJ Feerr, tocando grandes sucessos do pop, rock e sertanejo.

Depois teve a apresentação do grupo Kara’s 6, de Porto Alegre, que levou o melhor do samba e do pagode. Zé Kara, que completou 80 anos em 2023, estava emocionado ao tocar na Festa de 90 anos do Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul. E também por outro motivo: todos os integrantes são do Sindicato dos Músicos, o que para eles tornava mais especial tocar na festa dos trabalhadores metalúrgicos.

Rick e Renner chegaram na Sede por volta das 17h30. Receberam a diretoria do Sindicato no camarin e posaram para fotos com dezenas de fans. Com muita simpatia, concederam entrevista para a TV Metalúrgico, que vai ao ar nas redes sociais do Sindicato durante a semana.

O presidente Assis Melo foi recebido pela dupla Rick e Renner no camarim e depois foi convidado também para ir ao palco. Rick e Renner agradeceram ao presidente pelo convite e juntos, cantaram Parabéns aos 90 anos do Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul. O público cantou junto animando ainda mais a festa. O vídeo com esse momento pode ser conferido nas redes sociais do Sindicato.

Entre as canções que mais marcaram o show, “Ela é Demais” e “Filha”, que foi cantada junto por 4 mil vozes e já a noite, com a luz dos celulares iluminando a plateia.

Após o show, Assis Melo fez questão de agradecer a todos que de alguma forma fizeram parte da Festa dos 90 anos. “Quero agradecer a categoria metalúrgica e seus familiares pela alegria e comportamento. Também agradeço a quem trabalhou na segurança, na organização do evento e também a Brigada Militar pelo apoio. Eu enquanto presidente do Sindicato estou orgulhoso de compartilhar essa alegria. O Sindicato só vai ser unido e forte com a participação efetiva dos trabalhadores e trabalhadoras.”

Um show para ficar na memória.

Continue lendo

Cultura

Cultura apresenta “Mulheres do Além-Mar”, exposição com acessibilidade de Nilva Damian e Sandra Puente

Publicado em

em

As imagens retratam a contribuição das mulheres açorianas na cultura do litoral de Santa Catarina

A mostra fotográfica multissensorial e inclusiva “Mulheres do Além-Mar”, de Nilva Damian e Sandra Puente abre para visitação no dia 10 de março, às 19h, na Sala de Exposições do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho. A exposição retrata a contribuição das mulheres açorianas na cultura do litoral de Santa Catarina.

“Mulheres do Além-Mar” busca resgatar e valorizar o papel feminino das mulheres açorianas e suas descendentes mostrando as atividades realizadas por estas, que perpetuaram suas tradições até os dias de hoje sendo na terra ou no mar, que são observados através das pescadoras, rendeiras, lavadeiras, rezadeiras e benzedeiras.

A partir de imagens poéticas que transcendem o registro tradicional, a exposição retrata a memória, a história, a identidade e as heranças da cultura açoriana no litoral catarinense, demonstrando a importância dessa herança cultural e de seu registro. A expectativa é de que a exposição dê acesso a diferentes camadas sociais e também a diversas regiões do estado, alcançando um maior número de pessoas e assim, promovendo um intercâmbio cultural.

Objetivou-se criar um sentimento de pertencimento na população, além da inclusão e afeto com essa contribuição feminina, preservando o patrimônio imaterial cultural ao longo das gerações da história de Santa Catarina. Além de promover a inclusão social, acessibilidade, cidadania, educação e cultura, mostrando de uma maneira artística o cotidiano dessas mulheres, aumentando não só a admiração, mas também a sensação de pertencimento e inclusão da população de outras regiões de Santa Catarina à cultura Luso-Brasileira, ligando o presente e o futuro ao passado.

A mostra é composta por 11 imagens impressas em papel fotográfico Hahnemuhle e 10 imagens impressas em “Lithophane” (Impressão 3D em alto relevo). Dessa forma, a exposição também desempenha o papel de inclusão social e cultural às pessoas com deficiência visual através de imagens impressas em alto relevo (lithophane) e texto escrito em “braille”, contendo uma resenha da exposição.

A exposição é um projeto selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021 – executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Visita Guiada de abertura da exposição Fotográfica com Acessibilidade

Exposição: “Mulheres do Além-Mar” de Nilva Damian e Sandra Puente

Dia: 10 de março de 2023, às 19h

Exposição: “Mulheres do Além-Mar”

Foto por Nilva Damian e Sandra Puente

Exposição: “Mulheres do Além-Mar”

Foto por Nilva Damian e Sandra Puente

Exposição: “Mulheres do Além-Mar”

Foto por Nilva Damian e Sandra Puente

Exposição: “Mulheres do Além-Mar”

Foto por Nilva Damian e Sandra Puente

Local: Sala de Exposições do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Confirme sua presença na UAV DIGITAL: sites.google.com/view/uavdigital

Atividade presencial e gratuita.

Atividade: Visita à Galeria Virtual 3600 da exposição Mulheres do Além-Mar

Atividade: Visita à Galeria Virtual 360o. da exposição Mulheres do Além-Mar

“Mulheres do Além-Mar” de Nilva Damian e Sandra Puente

Atividades direcionada para o Programa Educativo UAV

Confirme a data na UAV DIGITAL: sites.google.com/view/uavdigital

Continue lendo

Cultura

Mais de 15 mil pessoas na Festa das Colheitas no segundo final de semana

Publicado em

em

As eventuais pancadas de chuva que intercalaram com o sol não intimidaram o público que visitou a Festa das Colheitas neste segundo final de semana, em especial, no domingo de passe livre no transporte público. Mas não só eles, afinal, por volta de 15h, a entrada do estacionamento já demandava dos visitantes um tempo de espera. A estimativa da organização é de que até as 18h deste domingo, 5, mais de 15 mil pessoas estiveram no Parque neste segundo final de semana.

“É um resultado excelente! A Festa das Colheitas se consolidou”, atestou o presidente da Comissão Comunitária da Festa da Uva, Fernando Bertotto.

O público prestigiou as atrações artísticas, pode desfrutar da gastronomia, aproveitou para fazer compras, brincar no parque de diversões e visitar a Réplica de Caxias.

Felipe Fusconi, proprietário da Lyon Facas Artesanais, conta que teve bons resultados de vendas neste final de semana, e melhores ainda no final de semana anterior, mesmo a Festa tendo um público menor. Para o próximo e último final de semana, a expectativa do expositor é bastante positiva, já que será semana de pagamento.

O proprietário do Orquidário do Beto, Albertinho Tomazzoni, também elogia o movimento tanto de vendas quanto de pessoas visitando a exposição de orquídeas. Ele dá um indicativo de que o cultivo da flor tem se tornado popular.

“Estou vendendo bastante orquídeas também, claro, mas mais ainda material de cultivo”.

No próximo final de semana será realizada a Exposição Estadual de Orquídeas.

No sábado e domingo também foi realizado o Campeonato de Bocha, nas canchas atrás da Réplica. Na abertura do evento, o prefeito Adiló Didomenico destacou a importância do esporte em todas as faixas etárias para a saúde física e, especialmente, a mental.

“O esporte une. Na competição a gente até reclama, discute, mas no final, é onde fazemos amigos”, resumiu.

A Festa das Colheitas tem o patrocínio de Banrisul, Sicredi, Simecs e Randon, e o apoio de Unimed. Também apoio cultural da Caminho Rede de Ensino, Giratur Transportes, e N&L Informática.

Continue lendo