Conecte-se conosco

Geral

Famílias do Loteamento Vitória recebem títulos de propriedade

Publicado em

em

Prefeito Adiló Didomenico iniciou a entrega das primeiras 100 certidões de regularização fundiária aos moradores do núcleo habitacional, em Caxias do Sul

Após 24 anos de espera, a tarde desse sábado (21/05) foi marcada por muita alegria e emoção. O prefeito Adiló Didomenico e o secretário do Urbanismo, João Uez, a partir da criação da lei que instituiu o programa Esse Terreno é Meu, entregaram as 100 primeiras certidões às famílias do Loteamento Vitória, localizado na região administrativa Planalto. Também foram anunciadas as 101 próximas famílias que receberão os títulos de propriedade.

Na solenidade realizada no Centro Administrativo, o presidente da Associação de Moradores do Loteamento Vitória, Genésio Jesus dos Santos, lembrou emocionado que, desde 1998, quando o núcleo habitacional começou a ser formado, os moradores buscam a regularização dos terrenos. “Fico muito agradecido com todos que nesse período ajudaram a gente nessa conquista. Foram anos de muita luta mas, hoje, com as lágrimas nos olhos, comemoro com o coração cheio de alegria”.

O oficial titular da 2ª Zona Imobiliária de Caxias do Sul, Manoel Valente Figueiredo Neto, salientou que é a primeira vez que Caxias do Sul registra uma certidão de regularização fundiária por meio do programa Esse Terreno é Meu. “É uma imensa satisfação participar desse momento histórico. Com a certidão, vocês terão segurança jurídica e poderão participar da vida econômica”, explicou.

O secretário João Uez enalteceu o trabalho da pasta e do Governo Adiló. “Talvez não estejamos inaugurando obras, mas, certamente, prefeito Adiló, o senhor está inaugurando pessoas, está trazendo dignidade, direito à moradia e à escritura”.

Uez também falou sobre os benefícios que o programa Esse Terreno é Meu trouxe para mais de 80 mil famílias que vivem em situação irregular. “A nova lei trouxe mais celeridade e, a partir dela, estamos entregando as 100 primeiras certidões do loteamento Vitória. Antes vocês eram donos de fato dos lotes, hoje, são de direito”, discursou.

O prefeito Adiló falou sobre o esforço coletivo dos moradores para conquistar as certidões. “Hoje vocês estão recebendo aquilo que é de direito, desde a aquisição ou da construção da sua casa, fruto do suor e do trabalho de cada um. Queremos construir uma Caxias melhor, mais digna de se viver”.

No ato também estiveram presentes a vice-prefeita Paula Ioris; vereador Renato Oliveira, representando a Câmara Municipal; secretária de Governo, Grégora Fortuna dos Passos; secretários de Obras, Norberto Soletti, e da Habitação, Giovani Fontana; diretor-presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto, Gilberto Meletti; vereadora Marisol Santos e vereadores Sandro Fantinel, Velocino Uez, Juliano Valim e Zé Dambróz; presidente da União das Associações de Bairros, Valdir Walter; deputado estadual Pepe Vargas; ex-prefeito Flávio Cassina e moradores da comunidade contemplada.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Banco de Alimentos divulga à comunidade o projeto +Q Pão

Publicado em

em

Iniciativa envolve entidades parceiras e integra ações da Cozinha Experimental, em Caxias do Sul

A Diretoria de Segurança Alimentar da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) está divulgando junto à comunidade e entidades parceiras o projeto +Q Pão. A ação, que entrou em funcionamento piloto em junho, consiste em disponibilizar a Cozinha Experimental do Banco de Alimentos e a estrutura técnica da unidade para a produção de pães por parte de instituições sociais.

A ideia surgiu da equipe de Segurança Alimentar, preocupada com a demanda crescente por alimento para famílias em vulnerabilidade social no Município. Agora, uma vez por semana, a Cozinha Experimental é aberta às entidades cadastradas para produção de pão. Porém, antes da produção propriamente dita, todos os participantes da atividade passam por uma capacitação de boas práticas para realizar o trabalho.

O objetivo é capacitar pelo menos quatro instituições a cada mês para a produção de pão. “É um projeto no qual acreditamos e que tem profundo envolvimento social. A entidade pode produzir os pães para consumo próprio ou distribuição para as famílias cadastradas”, explica a diretora técnica de Segurança Alimentar da SMAPA, Cristina Fabian Gregoletto. Segundo ela, as primeiras experiências vêm dando certo e a produção semanal chega a 40 quilos de pão.

A diretora lembra que a iniciativa só está sendo possível graças aos parceiros do Banco de Alimentos. Os equipamentos da Cozinha Experimental foram doados pelo Instituto Elisabetha Randon e pela empresa G. Paniz, enquanto a Orquídea Alimentos fornece a farinha de trigo. A Azevedo Ribeiro Cia. Ltda. e a Roseflor Alimentos também são parceiras do Banco e dos programas de Segurança Alimentar. Mais informações pelo WhatsApp do Banco de Alimentos: (54) 9 8429-6291.

Continue lendo

Geral

Cerest/Serra e Ministério Público do Trabalho promovem capacitação sobre notificação de acidentes e doenças do trabalho

Publicado em

em

Ação teve participação de 70 representantes de empresas de municípios da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS)

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Caxias do Sul (Cerest/Serra) promoveu, em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), uma capacitação voltada a empresas que contam com ambulatório de saúde para atendimento aos trabalhadores. O objetivo foi conscientizar sobre a importância e obrigatoriedade da notificação no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) de acidentes e doenças do trabalho atendidos em ambulatórios próprios.

A ação teve a participação de representantes de 70 empresas de municípios da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS). As palestras foram ministradas por Cirlene Zimmermann, procuradora do Trabalho do MPT e coordenadora nacional da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat) e pela equipe do Cerest/Serra.

O Sinan é alimentado em todo o país para promover a investigação de casos de doenças e agravos que constam da lista nacional de doenças de notificação compulsória. A capacitação ocorreu na última sexta-feira (23/09).

Continue lendo

Geral

Eduardo Shinyashiki é o palestrante da edição de outubro do projeto Liderança com Valores, da ADCE Caxias do Sul

Publicado em

em

Com o tema ‘A Difícil Arte da Simplicidade’, o evento será realizado no dia 05 de outubro, no UCS Teatro

A Difícil Arte da Simplicidade é o tema da próxima edição do projeto Liderança com Valores da ADCE Caxias do Sul, que será realizada no dia 05 de outubro (quarta-feira), no UCS Teatro (Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130 – Petrópolis), em Caxias do Sul. Esta edição terá a participação do líder educador Eduardo Shinyashiki. O evento inicia às 19h com acolhimento dos convidados e abertura oficial às 19h30. Para participar, é necessário adquirir ingresso pelo site Sympla, no valor de R$40. As vagas são limitadas e o convite é destinado à comunidade caxiense e de toda a região da Serra Gaúcha.

O projeto Liderança com Valores é realizado cinco vezes por ano e aborda conteúdos de interesse social, familiar, econômico e empresarial. O palestrante desta edição será o mestre em neuropsicologia, especialista em desenvolvimento das competências de liderança organizacional e pessoal, Eduardo Shinyashiki. “Para trilharmos os caminhos do sucesso, seja na vida pessoal ou profissional, enfrentamos desafios diários. Ser um bom líder é essencial para alcançar as conquistas e o reconhecimento almejado”, ressalta Shinyashiki.

Lisandra De Bona, coordenadora do projeto Liderança com Valores, explica que o evento oferece à sociedade novas oportunidades de crescimento pessoal e profissional, de expandir as possibilidades para o futuro e proporciona momentos de conhecimento e reflexão para a comunidade. “O projeto tem como objetivo instigar o público a implementar uma nova realidade no seu dia a dia, por meio de palestras com grandes exemplos de superação para o mundo dos negócios e simboliza uma oportunidade no processo de traçar um futuro promissor”, ressalta De Bona.

Acompanhe a entrevista no programa cotidiano abaixo

Continue lendo