fbpx
Conecte-se conosco

Cultura

Cultura divulga programação completa do Caxias em Cena 2022

Publicado em

em

Festival acontece de 02 a 18 de setembro, contando com diversos grupos artísticos que oferecerão oficinas, apresentações e eventos de dança, teatro, circo e música

O Caxias Em Cena teve início em 1998 por meio de uma ação de interiorização do “Porto Alegre em Cena”, e se consolidou como um evento de grande relevância na cidade por iniciativa da Secretaria Municipal da Cultura. Voltando ao formato de apresentações presenciais, depois de dois anos, o Festival vai acontecer de 02 a 18 de setembro, contando com diversos grupos artísticos que irão oferecer oficinas, apresentações e eventos de dança, teatro, circo e música. O Festival tem o intuito de oportunizar à população caxiense o acesso às artes cênicas, com preços acessíveis e muitas atividades gratuitas.

Com a parceria de diversas empresas e instituições da região, o Festival terá uma programação diversificada, contando com a participação de grupos locais contemplados no edital emergencial da Lei Aldir Blanc, sendo ofertadas oficinas e apresentações de contrapartidas para a comunidade.

Entre as atividades da programação, destaca-se a abertura do Festival que pretende proporcionar um grande encontro dos artistas da cidade, na Sala de Teatro Professor Valentim Lazzarotto, do Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, em uma noite de comemoração e integração com o público e seus pares. O “Palco Aberto” permitirá que todos os interessados mostrem um pouco do seu trabalho, com performances de dança, esquetes de teatro, apresentações curtas de música e circo, trazendo uma mostra da diversidade artística que Caxias do Sul tem a oferecer.

Além das apresentações nos palcos tradicionais, acontecerão atividades de rua e em espaços alternativos, democratizando o acesso à arte e cultura nos quatro cantos da cidade. A programação completa pode ser conferida nas redes sociais da Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul e no site oficial do município.

O evento é realizado pela Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com a Fundação Marcopolo, Sesc Caxias do Sul, Sindiserv e Doca Música Garden, além do apoio dos grupos e produtores locais, Braza Produções, Rakaça, Festival Téti, Cali Produções, Recreio da Juventude, Aline Tanaã, Sated RS, O Mãozinha, Triúna Mantra, Centro de Cultura Ordovás, Casa da Cultura (Teatro Pedro Parenti) e Cia Municipal de Dança de Caxias do Sul.

Inscrições para as oficinas podem ser realizadas até a data de início das mesmas.

Oficinas:

03/09 – Oficina de Dança Boogaloo Style, com Fernando Bittencourt

Sobre: Boogaloo é um estilo de dança composta por balanços, giros, encaixes e desencaixes de movimentos (incorporados ao funk), também sendo definido por imitar um boneco com juntas frouxas.

Horário: 9h às 11h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

03/09 – Oficina de Circo: Perna de Pau com Jânio Nunes

Sobre: A oficina tem como objetivo iniciar adultos na técnica de brincar em cima das pernas de pau e desenvolver aptidões para desfilar em eventos como a Festa da Uva, o Carnaval de Rua e no teatro. Esta técnica proporciona: coordenação motora, consciência corporal e apercepção espacial.

Horário: 15h às 19h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

04/09 – Oficina de Dança: Popping com Fernando Bittencourt

Sobre: Popping é uma técnica que se resume em relaxar e contrair os músculos no tempo musical. O estilo surgiu no processo de melhoria do Robot Dance, na ideia de um robô levando choques enquanto dança.

Horário: 9h às 11h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

04/09 – Oficina de Música: Do Hindustão ao Sertão: Uma jornada pela musicalidade

Sobre: Na oficina “Do Hindustão ao Sertão – Uma Jornada pela musicalidade”, os integrantes do grupo apresentarão algumas das peculiaridades da cultura musical da Índia e do Brasil, similaridades e diferenças, além de compartilhar com os participantes de que forma essas sonoridades influenciam seu processo criativo. As oficinas serão gratuitas, com três horas de duração, direcionadas para músicos, artistas, estudantes e público em geral, interessados em música e na cultura indiana e brasileira. Contemplados pelo Financiarte, o fundo de incentivo à cultura de Caxias do Sul, em 2021, vão apresentar também um show ao vivo, com oito músicas autorais do grupo, com aproximadamente 50 minutos de duração.

Horário: 14h às 17h

Local: Fluência Casa Hip Hop

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

06/09 – Oficina de Dança: Iniciação ao Flamenco com Karime Domit

Sobre: A oficina terá duas horas de duração será organizada em dois momentos. No primeiro momento, serão introduzidas noções básicas da técnica corporal e de mãos, e introdução ao sapateado tão característico do flamenco, bem como a introdução ao ritmo, montando uma pequena sequência ao fim da aula. No segundo momento, introdução a Primeira Copla de Sevillanas, que são canções aflamencadas, nascidas na Andaluzia, caracterizadas por uma melodia alegre e que sempre fizeram parte das reuniões e festas desta região.

Horário: 19h às 21h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

11/09 – Oficina de Palhaçaria direcionada para mulheres, preferencialmente mães.

Sobre: Oficina que utilizará técnicas da palhaçaria direcionadas para mulheres especialmente para as que são mães. A atividade contará com o auxílio de cuidadoras para as crianças filhos das mulheres inscritas.

Horário: 9h

Local: Fluência Casa Hip Hop

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

11/09 – Oficina de música: Do Hindustão ao Sertão: Uma jornada pela musicalidade

Horário: 14h às 17h

Local: Tem Gente Teatrando – Espaço Cultural

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

12/09 – Oficina da NR 35

Sobre: A oficina engloba a NORMA REGULAMENTADORA Nº35, sobre o trabalho em altura. Uma das principais causas de acidentes de trabalho graves e fatais se deve a eventos envolvendo quedas de trabalhadores de diferentes níveis. Os riscos de queda em altura existem em vários ramos de atividades e em diversos tipos de tarefas. A criação de uma Norma Regulamentadora ampla que atenda a todos os ramos de atividade é um importante instrumento de referência para que estes trabalhos sejam realizados de forma segura.

Horário: 18h às 22h

Local: Centro de Cultura Ordovás

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

12/09 – Oficina de Cenografia: painel semântico para projetos cenográficos

Sobre: A oficina tem como objetivo instrumentalizar os alunos para a criação do conceito de um projeto de cenografia através da ferramenta denominada painel semântico, painel conceito ou moodboard. Necessário participantes levarem notebooks ou outros aparelhos para conexão virtual.

Horário: 19h às 21h30

Local: SESC- Sala de Games

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

13/09 – Oficina Técnicas de Dança do Grupo Reda Troupe

Sobre: Mohamad Kazafy é o atual diretor artístico do Grupo Folclórico Reda Troupe, um grupo de dança egípcia, pioneiro em trazer as danças folclóricas de tribos e povoados remotos ao palco através de uma profunda pesquisa de campo, mantendo as movimentações tradicionais das danças locais, acrescentando movimentos refinados de ballet e dinâmicas para palco.

Horário: 16h às 22h

Local: Centro de Cultura Ordovás

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

14/09 – Oficina de Cenografia: Expografia

Sobre: A oficina tem como objetivo apresentar diretrizes gerais para um projeto de exposição em museus, galerias e outros espaços culturais. Necessário participantes levarem notebooks ou outros aparelhos para conexão virtual.

Horário: 14h30 às 17h

Local: Sesc – Sala de Games

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

17/09 – Oficina de Música: Do Hindustão ao Sertão: Uma jornada pela musicalidade

Horário: 14h às 17h

Local: Moinho da Cascata

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

17/09 – Oficina de Tango

Sobre: Vivência de passos básicos para iniciantes.

Horário: 14h às 18h

Local: Biblioteca parque – estação férrea

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

Espetáculos

02/09 – EXPOSIÇÃO IDENTIDADES LABMAIS com participação de Andrigo Martins

Sobre: A Exposição exibe os bonecos construídos aulas do Projeto LABMAIS, ministradas pelo Andrigo Martins do Studio Santa Lata. A ideia era que os alunos criassem personagens nos quais eles se identificassem e, através do stopmotion ganhassem vida. O resultado mostra que a identificação desde cor, forma e estética das roupas dos personagens, vão além das fronteiras da nossa realidade, trazendo outras identidades possíveis para representar a juventude atual. Nascida em meio ao Projeto LABMAIS – Laboratório de Artes, Mídias, Tecnologias e Juventudes, uma iniciativa do Sesc Brasil, focada no trabalho com juventudes. Por meio da tecnologia proporciona transversalidade com Arte Educação, Audiovisual e Artes Visuais, pensando a prática social como processo para o desenvolvimento humano. Objetiva dar autonomia e protagonismo aos jovens participantes, oferecendo infraestrutura e capacitação através de oficinas, que possibilitam a construção de trabalhos como este.

Horário: 19h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Atividade Gratuita

02/09 – AQUECENDO A CENA (ARTES INTEGRADAS)

Sobre: A atividade pretende integrar os artistas da cidade por meio de performances coletivas e apresentações de teatro, dança, música e circo, convidando a todos para uma brincadeira ritualística e festiva. Todos estão convidados a ocupar o palco.

Interessados inscrever-se pelo link: https://forms.gle/Zq7ceFmT5Nv5E9Bu8

ou pelo fone: 54-3901-1316 ramal (205)

Horário: 20h30min

Local: Sala de Teatro Valentim Lazzarotto – Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Atividade Gratuita

03/09 – ESPETÁCULO FAÍSCA D’AGUA – Grupo Ueba (TEATRO)

Sobre: Faísca D´Água aborda a importância da preservação dos saberes e fazeres do povo brasileiro, iniciando pelas tradições dos povos originários, a chegada dos europeus e dos africanos, até os atuais imigrantes. Tem como mote o embate entre natureza e humanidade, uma vez que no enredo a natureza resolve tirar a água da humanidade. O ponto de partida é o encontro de dois seres cheios de sabedoria: um representa a magnitude dos seres humanos e seus modos de cultivo, e o outro está ligado à terra, seus elementos, geografia, fauna e flora. O encontro desses personagens faz o público refletir sobre mitos, lendas, cultivos, partindo de suas origens e de como eles constroem a identidade de um povo a partir da diversidade. O espetáculo também visa sensibilizar sobre a importância de conhecer e entender as raízes do povo.

Horário: 19h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho – Jardim externo

Em caso de chuva, a apresentação será realizada na Sala de Teatro Valentim Lazzarotto

Atividade Gratuita

04/09 – Cia. Mun. de Dança de Caxias do Sul apresenta: DESVIO IN CITU (DANÇA)

Sobre: Partindo das linguagens contemporâneas da dança, a coreógrafa Jussara Miranda idealizadora e diretora da Muovere Cia de Dança de Porto Alegre, realizou processo de criação com o elenco da Cia. Municipal de Caxias do Sul em 2021. Desvio In Situ nasce da ideia de lidar com expectativas e perspectivas que se colocam para a arte da dança, suas formas e conteúdos. De experimentar a dilatação do espaço e do tempo, ela mesma, a cidade como o espetáculo em si.

Horário: 16h

Local: Parque dos Macaquinhos

Em caso de chuva, a apresentação será cancelada.

Atividade Gratuita

04/09 – Projeto Téti – Teatro em Família apresenta: MACBETH E O REINO SOMBRIO: SHAKESPEARE PARA CRIANÇAS (Teatro)

Sobre: O texto original de Shakespeare, “Macbeth”, foi adaptado no intuito de aproximá-lo da linguagem popular com o cuidado em manter a sequência e poética original das cenas escritas pelo dramaturgo inglês. Além disso, a apreciação da peça “Macbeth e o Reino Sombrio”, é veículo de comunicação com a literatura e potencializadora de trocas de vivências e saberes entre crianças e adultos. Integrando diferentes técnicas corporais, a montagem transita entre as artes circenses, a contação de histórias e o teatro. O cenário é composto por três tecidos presos no teto onde são projetadas as luzes e sombras de cada ambiente, duas escadas multiuso de 16 degraus que mudam de formas fazendo alusão a um parque infantil e representando também os momentos de ascensão e quedas que vivem as personagens. Os adereços como capa, coroa, bigodes, tapa olho e outros dão vida as mais de dezoito figuras representadas pelo trio de atuadores durante a encenação. A linguagem circense e de contação de história está intercalada com as cenas teatrais que contam a trama trágica de um jeito leve e divertido sem desconsiderar a importância de falar sobre temas como ganância pelo poder, ambição, traição e morte.

Horário: 17h

Local: Teatro Pedro Parenti – Casa da Cultura

Ingresso: R$30,00 e R$ 15,00 (meia)/R$20,00

Venda pelo sympla.com.br/teti

06/09 – ESPETÁCULO DA CIA. MOLHADOS NA CHUVA (TEATRO)

Sobre: O espetáculo é uma releitura dos antigos trabalho da Cia. Molhados na Chuva em esquetes compostas de 05 quadros de variedades: “O Poeta”, “Menino na Rua”, “A Chula”, “Rei do Pop” e “Dj ET”. Este espetáculo é encenado com classificação livre. Surpreende, encanta emociona a plateia com cenas de suspense, poesia, folclore e musicais.

Horário: 10h e 15h

Local: Praça Estação Cidadania (R. Abel Postali, 1767 – Cidade Nova)

Atividade Gratuita

06/09 – ESPETÁCULO FREDDIE ROCK STAR (TEATRO)

Sobre: Possibilitando um encontro dos espectadores com o ídolo Freddie Mercury, mais de 30 anos depois de sua morte, “Freddie Rock Star – The Show Must Go On!” presta uma homenagem ao ídolo da banda de rock Queen e conduz o público por meio de um show às avessas, revivendo fatos, músicas e manchetes que marcaram a trajetória do cantor, curiosidades pouco conhecidas sobre sua intimidade e os bastidores da carreira.

Com dramaturgia e encenação do diretor mineiro Juarez Guimarães Dias, que criou o espetáculo com o ator em 2016, quando Fábio ainda morava em Belho Horizonte, essa peça de teatro documentário não poderia deixar de falar de sexo, drogas e rock’n roll, mostrando também a solidão e o lado sombrio da fama. É um grito de liberdade que mostra o ser humano por trás do “Rock Star”.

Com experimentações visuais e cênicas e um set list marcante, repleto de músicas do Freddie Mercury e da banda Queen, a obra traz uma dramaturgia sonora e audiovisual a partir da inserção de elementos narrativos, projeções de imagens e vídeos, em que as canções também cumprem função dramatúrgica no texto. A peça faz ainda uma homenagem a todos os fãs e covers que perpetuam a memória e o legado de tantos artistas.

O espetáculo fez sua temporada de estreia em Caxias do Sul em 2019, e retoma suas apresentações com o incentivo do Financiarte, cujo ator e produtor cultural Fábio Schmidt foi contemplado no edital 2021.

Horário: 20h

Local: Teatro Municipal Pedro Parenti

Ingressos preço popular R$20,00

07/09 – CENAS INDEPENDENTES (DANÇA-PERFORMANCE)

Sobre:A atração irá iniciar com aPerformance “Vestígios”, ocupando a Sala de Cinema Ulisses Geremia que se encaminhará para o palco do Zarabatana criando uma conexão artística com a performance da Bailaora flamenca Karime Domit.

Sobre a Performance “Vestígios”: Este trabalho aborda as necessidades das bailarinas Anna Cláudia Pereira e Jenifer Bonho em ressignificar espaços já ocupados no passado mas que hoje estão depredados em virtude do abandono gerado com o passar do tempo. Tal trabalho foi realizado no intuito de através das linguagens do corpo juntamente com as técnicas de Lightpainting usada na fotografia, transformar esses espaços de modo a preenchê-los com movimento e luz. Essa pesquisa conta com o olhar sensível do fotógrafo Maurício Concatto em iluminar o que a câmera capta, em longa exposição, definindo então o que aparece e o que não aparece nas fotos, sobrepondo imagens e trazendo uma outra perspectiva de movimento e dança. Em cena as bailarinas atuam em performance sobre os registros gerados pelas fotografias causando uma sobreposição do que é passado junto ao agora. Sobre o Solo de Flamenco, será realizado pela bailaora Karime Domit da La Sarrena Flamenco Del Sur no palco do Zarabatana.

Horário: 18h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Atividade Gratuita

08/09 – ESPETÁCULO USINA DA FANTASIA – Cia. Tem Gente Teatrando (TEATRO)

Sobre: “Usina da Fantasia” é um lugar entre a contação de histórias e o jogo cênico. Utilizando fábulas escritas por Jean de La Fontaine no século XVII como pano de fundo, o espetáculo da Companhia Tem Gente Teatrando torna-se um divertido portal para a imaginação. Voltado para o público infantil, “Usina da Fantasia” é um convite para a criatividade, transformando o lúdico em material precioso para o desenvolvimento da criança.

Horário: 15h

Local: Praça Dante Alighieri

Agendamento para as escolas e informações pelo telefone: 54 – 3901-1316 (205) até o dia 06/09.

Em caso de chuva, o evento será transferido para a Sala de Teatro Valentin Lazzarotto.

Atividade Gratuita

08/09 – ESPETÁCULO ERCÍLIA – Teatro Mecânico (TEATRO)

Sobre: Como parte do trabalho “Identidades”, Ercília é uma história potente que se entrelaça fortemente com a história do país, da cidade. História que expõem as feridas do autoritarismo, do machismo, do desrespeito às diferenças sociais, de gênero, de opinião. Mas principalmente da luta empreendida para mudar esse estado de coisas, tendo a mulher como protagonista à frente das ações mais decisivas.

Horário: 20h

Local: Arquivo Histórico João Spadari Adami (Av. Júlio de Castilhos, nº 318 – Lourdes)

Agendamento para as escolas e informações pelo telefone: 54 – 3901-1316 (205) até o dia 06/09.

Atividade Gratuita

08/09 – APRESENTAÇÃO BRASIS – Duo de Viola e Acordeon com Valdir Verona e Rafael de Boni (MÚSICA)

Sobre: Em “Brasis”, o Duo de Viola e Acordeon propõe um diálogo com as demais regiões deste país continente que é o Brasil. O espetáculo é um convite para uma viagem musical com muitas possibilidades de caminhos a serem percorridos.

Horário: 20h

Local: Teatro Municipal Pedro Parenti

Ingressos: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada)

09/09 – Projeto O Riso da Mãe apresenta: DOCUMENTÁRIO BRASIL PEQUENO

Sobre: A atriz porto alegrense Genifer Gerhardt, que é bonequeira, palhaça, escritora e poeta, fará uma exibição comentada do documentário que deu origem ao espetáculo de bonecos “Brasil Pequeno Itinerante”, que conta a trajetória dela e seu filho Valentim a bordo do motorhome “Tempo”, percorrendo 19.500 quilômetros Brasil adentro, em 18 Estados brasileiros.

Essa atividade faz parte do projeto O Riso da Mãe, um ciclo de formação e aperfeiçoamento no universo da palhaçaria feminina, que, para além da valorização das mães artistas, e também contribuindo com o protagonismo feminino nas artes da cena, propõe a expansão das possibilidades de reflexões acerca da invisibilidade materna e dos papéis contemporâneos exercidos por mulheres/mães dentro e fora das áreas artísticas.

Horário: 19h

Local: Instituto de Leitura Quindim

Rua Sinimbu, 1670 – 6º andar – Centro, Caxias do Sul.

Atividade Gratuita

09/09 – ESPETÁCULO FREDDIE ROCK STAR

Sobre: Possibilitando um encontro dos espectadores com o ídolo Freddie Mercury, mais de 30 anos depois de sua morte, “Freddie Rock Star – The Show Must Go On!” presta uma homenagem ao ídolo da banda de rock Queen e conduz o público por meio de um show às avessas, revivendo fatos, músicas e manchetes que marcaram a trajetória do cantor, curiosidades pouco conhecidas sobre sua intimidade e os bastidores da carreira.

Com dramaturgia e encenação do diretor mineiro Juarez Guimarães Dias, que criou o espetáculo com o ator em 2016, quando Fábio ainda morava em Belho Horizonte, essa peça de teatro documentário não poderia deixar de falar de sexo, drogas e rock’n roll, mostrando também a solidão e o lado sombrio da fama. É um grito de liberdade que mostra o ser humano por trás do “Rock Star”.

Com experimentações visuais e cênicas e um set list marcante, repleto de músicas do Freddie Mercury e da banda Queen, a obra traz uma dramaturgia sonora e audiovisual a partir da inserção de elementos narrativos, projeções de imagens e vídeos, em que as canções também cumprem função dramatúrgica no texto. A peça faz ainda uma homenagem a todos os fãs e covers que perpetuam a memória e o legado de tantos artistas.

O espetáculo fez sua temporada de estreia em Caxias do Sul em 2019, e retoma suas apresentações com o incentivo do Financiarte, cujo ator e produtor cultural Fábio Schmidt foi contemplado no edital 2021.

Horário: 20h

Local: Cine Teatro da Praça Estação Cidadania

R. Raimundo Magnabosco, 111 – Cidade Nova, Caxias do Sul

Atividade Gratuita

09/09 – Sindiserv apresenta: ESPETÁCULO DERROTA – Projeto Gompa e Cia. IncomodeTE

Sobre: DERROTA nos convida a navegar pelas profundezas de um ser humano que retoma aspectos cruciais de sua existência, numa relação estreita entre vida, compreensão e aceitação daquilo que nos rodeia e que nos é mais caro. A montagem buscou uma proximidade entre atriz Liane Venturella e espectador onde a cumplicidade é dada pela palavra, pelo olhar direto e próximo. Para isso, Derrota propõe a ação verbal como centro da comunicação e a construção do enunciado que se dá na relação dos significados de um texto que se constrói e reconstrói a cada frase, convidando o espectador a adentrar à mente e experiências desta mulher que compartilha com eles o mais íntimo de suas sensações e percepções do mundo.

Horário: 20h

Local: Palco do Auditório do Sindiserv – R. Carlos Giesen, 1217 – Exposição

Atividade gratuita

10/09 – Projeto o Riso Da Mãe apresenta: ESPETÁCULO BRASIL PEQUENO ITINERANTE (TEATRO)

Sobre: Tem história que é da Bahia, tem do Rio Grande do Sul também. Vai para Tocantins, desce para o Paraná, segue o bordado em Minas Gerais. Tudo alinhado feito colcha de retalhos de avó – para lá, para cá. ‘Brasil Pequeno Itinerante’ é um espetáculo de Teatro de Bonecos em Miniatura que fala de pessoas. Pessoas que Genifer encontrou em viagens pelo Brasil, conhecidas em olhos, ouvidos e afetos. A habitar seus bolsos, os bonecos carregam as histórias de cada estar e de cada sentir. Carregam a grandeza que habita o detalhe.

Essa atividade conta com o financiamento do Financiarte de 2021.

Horário: 15h30

Local: Instituto de Leitura Quindim

Rua Sinimbu, 1670 – 6º andar – Centro, Caxias do Sul.

Atividade Gratuita

10/09 – Projeto o Riso Da Mãe apresenta: Mesa debate sobre Mães na Arte (ARTES INTEGRADAS)

Sobre: Com o tema “Mulheres da Cena, Maternidade e o Riso”, com as artistas Amanda Aloysa Alves, atriz/palhaça e arte educadora, Karla Abranches Cordeiro, professora, diretora, cofundadora e integrante, desde 1991, do primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil, “As Marias da Graça no Rio de Janeiro”, e Lilian Moraes, também atriz e palhaça. Para estimular o debate serão exibidos trechos de espetáculos das artistas Amanda e Lilian, ambas dirigidas por Karla, dando abertura para debates a respeito dos processos criativos e o compartilhamento de suas experiências com a maternidade e seus impactos nas suas trajetórias artísticas.

Essa atividade conta com o financiamento do Financiarte de 2021.

Horário: 19h30

Transmitida pelo Youtube da artista Aline Tanaã: https://www.youtube.com/channel/UCmXIRxsT4HLZ0MHmOsp1U9w

Local: Evento Virtual

Atividade Gratuita

10/09 – Rakaça Templo de Danças Orientais apresenta: GALA SHOW COM MOHAMAD KAZAFY (DANÇA)

Sobre: Caravana – Viajando pelas terras do Egito até Andalucia trará ao palco algumas das danças tradicionais de regiões e povoados do Egito e seguirá sua jornada até as terras da antiga Andalucia, onde no século 8 os árabes fundaram seu grande império. Palácios, ciganas, refinadas dançarinas, danças da terra e dos desertos, força, leveza e muito colorido e alegria ilustrarão este rico espetáculo que contará com a participação do bailarino egipcio Mohamad Kazafy, atual diretor artístico do pioneiro e mais famoso grupo de danças folclóricas egípcias do Cairo, o Reda Troupe do Egito.

Horário: 20h

Local: Teatro Municipal Pedro Parenti

Ingressos: R$50,00 (antecipados até dia 31/08) e R$60,00 (na hora)

11/09 – Projeto o Riso Da Mãe apresenta: Oficina de Palhaçaria direcionada para mulheres, preferencialmente mães. (TEATRO-CIRCO)

Sobre: Realizada por e para mães/artistas, “O Rito do Riso”, ministrada por Aline Tanaã Tavares, graduada em Psicologia, atriz, palhaça e produtora cultural, oportunizará um espaço vivencial de introdução aos princípios da palhaçaria, buscando a valorização da expressão pessoal através da comicidade. Essa atividade conta com especial estímulo à participação do público feminino, com ênfase nas mães, mas é aberta a todos os públicos. A vivência buscará estimular a criação de narrativas próprias dos universos particulares de cada participante, incentivando a expressividade deste público. Outro atrativo para as mães se dá pela contratação de uma profissional para cuidar dos seus filhos durante a realização das atividades, possibilitando um conforto a mais para as participantes se dedicarem às práticas da oficina.

Essa atividade conta com o financiamento do Financiarte de 2021.

Horário: 9h às 12h e 14h às 17h

Local: Fluência Casa Hip Hop

Rua Francisco Barbosa Velho, 132 – Santa Fé, Caxias do Sul.

Inscrições:https://docs.google.com/forms/d/12qkThqewa6T6Pl2afoaPhc5LDCPWBhNAeczPvyZ3CqQ/viewform?edit_requested=true

Atividade Gratuita

11/09 – Mostra pública de Processos Criativos

Sobre: Micro-cenas, performances e improvisações, criadas pelas participantes durante a realização da oficina “O Rito do Riso”.

Horário: 18h às 19h

Local: Fluência Casa Hip Hop

Rua Francisco Barbosa Velho, 132 – Santa Fé, Caxias do Sul

Atividade Gratuita

11/09 – SESC apresenta: ESPETÁCULO DE LA MANCHA: O CAVALHEIRO TRAPALHÃO

Sobre: Essa é a história de Dom Alonso Quijano, um homem que cresceu em La Mancha, uma região bem no centro da Espanha. Ele amava os livros de cavalaria e queria ser cavaleiro andante e por isso, pôs em si mesmo o nome de Dom Quixote de La Mancha, um cavaleiro muito trapalhão que em nome de sua amada Dulcinéia de Toboso, anda pelas estradas montado em seu cavalo Rocinante e acompanhado por seu fiel escudeiro Sancho Pança, em busca de aventuras, lutando contra gigantes, dragões, bruxas, exércitos e feiticeiros.

Horário: 17h às 18h

Local: Teatro do SESC

Ingressos: R$20,00 (público geral) e R$10,00 (comércio e dependentes, empresários, estudantes, idosos, professores, pessoas com deficiências, doadores de sangue)

11/09 – Secretaria Municipal da Cultura apresenta: CONCERTO COM MAESTRO CONVIDADO – WILTON MATOS

Sobre: A Orquestra Municipal de Sopros traz neste concerto, a presença de Wilton Matos, músico que transita entre o popular e o erudito, trazendo características da música regional do Pará. O repertório trará obras originais para formação de banda sinfônica com compositores internacionais brasileiros e gaúchos, música sem fronteiras (erudita e popular).

Horário: 19h

Local: Teatro Municipal Pedro Parenti

Atividade Gratuita – Retirada de ingressos a partir de 05/09, na Casa da Cultura

13/09 – Fundação Marcopolo apresenta: ESPETÁCULO AMAZÔNIA – Projeto Gompa (TEATRO)

Sobre: O projeto Amazônia nasce do desejo de compartilhar com as crianças um pouco do imaginário do que é a Amazônia brasileira, seus rios, vegetação e animais, revelando por meio de cores, texturas, movimentos e sons um pouco deste universo encantado que desperta a curiosidade e interesse de milhões de brasileiros, mesmo que nunca tenham pisado em território amazonense. Um espetáculo para crianças e adultos que mescla dança, teatro, música e artes visuais, para contar a história de animais que perdem seus ambientes naturais em função da destruição da natureza. A peça propõe uma reflexão sobre as consequências do desmatamento, por meio de luzes, sons, movimentos, encantamentos, bonecos e objetos que se transformam constantemente, mostrando a saga dos heróis bichos.

Horário: 15h

Local: Teatro Pedro Parenti (Rua Dr. Montaury, 1333 – Centro)

Atividade Gratuita

Agendamento para escolas pelo contato: 54-3901-1316 (205)

13/09 – Rakaça Templo de Danças Orientais apresenta: Oficina Técnicas de Dança do Grupo Reda Troupe com Mohamad Kazafy (DANÇA)

Sobre: Mohamad Kazafy é o atual diretor artístico do Grupo Folclórico Reda Troupe, um grupo de dança egípcia, pioneiro em trazer as danças folclóricas de tribos e povoados remotos ao palco através de uma profunda pesquisa de campo, mantendo as movimentações tradicionais das danças locais, acrescentando movimentos refinados de ballet e dinâmicas para palco.

Horário: 16h às 22h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Inscrições: https://forms.gle/x1cw9TnqRk8XVGoP9

Atividade Gratuita

13/09 – Recreio da Juventude apresenta: CHACARERAS, VIDALAS, PALAVRAS Y CORAZONES (MÚSICA)

Sobre: Diretamente da Argentina, o Estudio Coral Sur iniciou seu caminho em 1997 e já teve diversos membros, incluindo os que resistem desde seu inicio. A diversidade e a intensidade de suas atividades transmitem suas vozes através de canções que complementam seu espirito de solidariedade, amizade e dedicação. Seu diretor, Néstor Rodríguez cumpre o sonho de todos de desfrutar da música com uma profunda paixão.

Horário: 19h

Local: Recreio da Juventude

Ingressos: 1kg de alimento não perecível (trocar pelo ingresso na secretaria da Sede Social)

14/09 – Cia. Tem Gente Teatrando apresenta: ESPETÁCULO SILÊNCIO (TEATRO)

Sobre: O monólogo “Silêncio”, como o próprio nome diz, aborda o silenciamento de indivíduos em nossa sociedade. A partir de questionamentos a respeito do poder de fala, a montagem pretende conduzir o público a refletir sobre quem carrega este direito. Sandro Martins, indígena em retomada, ao utilizar do aparato cênico para relembrar fatos, coloca foco sobre o silenciamento de povos originários. “Silêncio” é um espetáculo-manifesto e conta com a direção de Fábio Cuelli.

Horário: 20h

Local: Sala de Teatro Valentim Lazzarotto – Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Atividade Gratuita

15/09 – Projeto Identidades apresenta: ESPETÁCULO Sra. T.A.G.

Sobre: T. A. G., aos 93 anos de idade e dona de um brilhoso cabelo branco, vivia num apartamento localizado numa cidade do RS, perto de uma praça municipal. A paixão que sentia pelos tangos argentinos e a frustração em não conhecer uma casa de tango, por ser “indecente para mulheres de família” segundo seu falecido marido, transformou-se em nostalgia. Em seus últimos anos de vida, as longas tardes eram regadas a dvds de tango, gravados em famosos teatros como o teatro Cólon.

Horário: 20h

Local: Arquivo Histórico Municipal João Adami Spadari

Agendamento para escolas pelo contato: 54-3901-1316 (205)

16/09 – Eduardo Matias apresenta: O MÃOZINHA: Ensaio Aberto (TEATRO)

Sobre: Ensaio aberto do espetáculo “O Mãozinha” traz para o palco um passeio por alguns capítulos da vida do ator, revelando seu grande segredo ao público: a deficiência física na mão direita.

Um espetáculo documental que trata da autoaceitação do ator, e que busca o encorajamento do público para refletir e elaborar sobre seus próprios estigmas.

Em uma obra dedicada a quem já se sentiu descontente com seu próprio corpo, o espetáculo propõe reflexões sobre as potencialidades que cada corpo possui, e por vezes nãos são exploradas. O processo de criação foi realizado em meados de 2020, com a finalidade do trabalho de conclusão do curso profissionalizante de teatro oferecido pela escola Tem Gente Teatrando. Apesar da estreia ter sido adiada devido a pandemia, a sessão estreou com ingressos esgotados. Desde então, vem sendo apresentado em espaços como teatros, escolas, parques, universidades, eventos e centros comunitários.

Essa apresentação do “ensaio aberto” será então uma retomada do projeto, trazendo ao público uma experimentação do processo de trabalho do ator na remontagem do espetáculo. Podendo ser chamada também de uma demonstração “work in progress”, se propõe a apresentar cenas (re)ensaiadas, sem ter ainda uma definição da proposta dramatúrgica final do espetáculo, que tem sua reestreia prevista para novembro de 2022. Após a apresentação será realizado um bate papo com o público, possibilitando o diálogo entre o artista e a plateia, que poderá expressar suas impressões, sensações e também sugestões e dúvidas a respeito da forma e do processo de construção do espetáculo.

Convidado a integrar a programação do Festival Caxias em Cena, tradicional festival de artes cênicas da cidade, o ator realizará uma única apresentação do ensaio aberto, com novas cenas que vem desenvolvendo desde o início de abril desse ano e também uma releitura do trabalho que havia construído para sua primeira estreia, ainda em 2020.

Horário: 19h

Local: Tem Gente Teatrando – Espaço Cultural

Rua Regente Feijó, 37 – Rio Branco, Caxias do Sul

Classificação etária: 12 anos

Ingressos: R$ 30,00 e R$15,00 (meia entrada e antecipados)

17/09 – Level Cul apresenta: ESPETÁCULO TRANSILÚCIDA (ARTES INTEGRADAS)

Sobre: O espetáculo navega por memórias, sonhos, pesadelos, ficções e realidades insistentes. Cruzando teatro, dança e audiovisual estabelece uma área de choque entre festa e velório, sagrado e profano, real e imaginação. Um encontro para enterrar os mortos e celebrar a vida. A dramaturgia, entrecortada e não linear, nos conduz pelas memórias de Ander, uma travesti que viveu boa parte de sua vida pública vestindo um personagem masculino para sobreviver, o medo não a deixava emergir. Ela, diante do público, escancara o lunário de memórias imperfeitas de seus defuntos pessoais. Transilucida é uma passagem, travessia que não se repete. É irreversível, inconstante, incompleto, amedrontador e inacessível após sua execução. O que virá depois? Quem seremos nós? O que imaginamos pra nós?

Horário: 19h

Local: Level Coffee Store, R. Cel. Flores, 789 – Térreo

Ingressos:

18/09 – Projeto Triúna Mantra – O mundo em Sol apresenta: SHOW DA BANDA TRIÚNA MANTRA

Sobre: Com referências musicais da cultura indiana e do Brasil, a Triúna Mantra surgiu em 2019 com o propósito de criar uma musicalidade livre, integrando culturas e se utilizando da música como uma forma de estimular bons sentimentos e paz, alegria e tranquilidade. Para criar esta sonoridade a Triúna utiliza instrumentos musicais que dificilmente são vistos na nossa região, como o hang pam, o sitar indiano, didgeridoo e as tigelas de cristal, além da viola caipira e outros instrumentos de percussão. Esta união singular integra estilos buscando uma musicalidade harmônica que transporte o ouvinte a um universo extra-cotidiano, ultrapassando as fronteiras do universo da música comumente ouvida na cidade e região. É um trabalho que visa expandir o repertório musical do público local, valorizando a diversidade artística e revelando a abundância de estilos da música autoral gaúcha.

Essa atividade conta com o financiamento do Financiarte de 2021.

Horário: 18h às 19h

Local: Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

R. Luiz Antunes, 312 – Panazzolo, Caxias do Sul

Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia entrada)

18/09 – Doca Music Garden apresenta: FESTA REBULIÇO TEATRAL de encerramento do Festival Caxias em Cena

Sobre: O Doca Music Garden abre as cortinas para receber o encerramento do Caxias em Cena 2022 com o evento Rebuliço Teatral, que acontecerá no domingo, 18 de setembro. No bar, a programação contará com apresentações, intervenções, comemorações e festividades, uma vez que a data que sucede o evento, 19 de setembro, marca o dia nacional do teatro e os 35 anos do grupo TER (Teatro Experimental Revolucionário). As atrações convidadas são o Acústico Ibisis, com seu repertório cheio de rock e MPB; Jorva e o Teatro dos Felinos, teatro, música e poesia para novas percepções do viver; e a Cia. Magic Circus Show subirá ao palco com o espetáculo Rock Clown, utilizando músicas populares brasileiras e autorais para dialogar com números circenses como trapézio, malabares, mágicas e palhaçarias. Após as apresentações, o rebuliço seguirá na pistinha do Doca e fica por conta de Pietro Ferreti, Lázaro Nascimento e Moisés Marcarini, que farão uma imersão pelo melhor da música popular brasileira, do baião ao samba-rock e funk, dos anos 70 até a atualidade. Após o show, a DJ Mari Alenkstro rouba a cena com seu set de mesmo estilo para seguir fazendo todos dançar.

PROGRAMAÇÃO:

(BAR 16H)

17:00 – Acústico Ibisis

18:30 – Rock Clown (Circus Magic Show)

19:15 – Jorva e o Teatro dos Felinos (Grupo TER)

(PISTINHA 20H)

20:00 – (som Brasil) com Pietro Ferreti, Lázaro Nascimento e Moisés Marcarini

22:00 – (som Brasil) Set com Dj Mari Alenkstro

00:00 – ENCERRAMENTO

Valor: R$10,00

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Casa de comédia de Caxias do Sul promove show com humoristas locais para arrecadar fundos para as vítimas das enchentes

Publicado em

em

Além da destinação de todo o valor da bilheteria, o espaço recebe donativos para os atingidos

Como forma de ajudar os gaúchos atingidos pelas enchentes no estado, o Polenta Comedy Club, primeira casa de comédia de Caxias do Sul, promove um show solidário com os artistas locais na noite da sexta-feira, dia 17 de maio. Todo o valor arrecadado na bilheteria do evento será destinado para as vítimas dos desastres. O espaço também estará recebendo donativos para repassar aos desabrigados.

“Trabalhar com o riso em um momento como esse não é nada fácil, mas queremos usar da nossa arte para ajudar a amenizar a dor dos nossos irmãos nesse momento, quer seja através das doações, quer seja por alguns instantes de sorriso”, expressa Diogo Severo, um dos idealizadores do projeto e um dos artistas que se apresentará no dia 17.

Além de Severo, fazem parte do elenco local do Polenta Comedy Club: Rui Barbosa, Ivangélica, Paulo Sérgio, Wellington Lescano, Gabriel Sampaio, Marlin Playhard, Edu Antunes, Dudu Vargas e Alan Hahn. Os ingressos, que são únicos e possuem diferentes valores (partindo de 10 reais + taxas), podem ser adquiridos pelo Sympla. Caso haja lotação máxima, a equipe pretende abrir mais sessões da apresentação.

Os shows nacionais que estavam programados para acontecer neste mês na casa de comédia foram adiados. As novas datas serão anunciadas nas redes sociais do Polenta Comedy Club (@polentacomedy).

PROGRAME-SE:
O quê: Show Solidário com comediantes locais
Quando: dia 17 de maio (sexta-feira), às 20h45min
Onde: no Polenta Comedy Club (Rua Marechal Floriano, 1083 – entrada pelo portão da garagem)
Ingressos: pelo Sympla (https://abre.ai/showsolidariopolenta)

CRÉDITOS DAS FOTOS: Polenta Comedy Club

Continue lendo

Cultura

Livro Lavradores de Enxada apresenta novo olhar sob os movimentos migratórios do RS

Publicado em

em

Obra de José Bianchi será lançada no dia 3 de maio, no centro de Cultura Ordovás, em Caxias do Sul

Apaixonado por ouvir pessoas e querendo muito descobrir a própria história, o descendente de imigrantes italianos José Bianchi partiu de Caxias do Sul, em 2019, para uma viagem à Itália em busca de suas origens. Ele só não imaginava que a experiência transformaria por completo sua vida e seria o início de uma pesquisa que durou quatro anos e o fez percorrer muitos caminhos.

Foi durante a visita aos lugares de origem dos bisavós Ernesto Bianchi (Veneza) e Maria Centelleghe (San Gregório Nelle Alpi) que teve início o livro Lavradores de Enxada , que será lançado no dia 3 de maio, às 19h, no Centro de Cultura Henrique Ordovás Filho, em Caxias do Sul. Na obra, que marca a estreia de Bianchi como escritor, ele apresenta um novo panorama sobre a vinda dos imigrantes ao Brasil, mais especificamente ao Rio Grande do Sul. O autor não fala apenas dos italianos, mas também conta histórias de espanhois, portugueses, holandeses, alemães, poloneses, suecos, franceses, suíços e indígenas.

A diversidade de etnias englobadas no livro teve em comum, na época da chegada ao Brasil, a mesma dificuldade no cultivo da terra devido aos terrenos extremamente íngremes e rochosos que lhes foram concedidos. Por isso “Lavradores de Enxada”, homens e mulheres que precisaram literalmente quebrar pedras para conseguir começar uma nova vida no país.

O que concluí com minha pesquisa é que a agricultura não sobreviveu nas comunidades onde os terrenos eram íngremes e não mecanizáveis. Os imigrantes que receberam esses espaços acabaram se mantendo apenas até a primeira geração. Depois, eles deixaram suas comunidades ou passaram a trabalhar na indústria. Isso fez com que muito da cultura desses imigrantes se perdesse.

Com uma linguagem simples e acessível, Bianchi, apresenta lugares, relata depoimentos e entrevistas com quase uma centena de personagens que, muitas vezes emocionados, falam sobre seus pais, avós e bisavós vindos da Europa. Relata ainda a realidade dos indígenas no início da colonização e alguns conflitos ocorridos. “Eu não procurei apenas contar o que já está nos livros, mas sim dar voz a quem ainda não havia sido ouvido. Contar o que as pessoas tinham a dizer sobre tudo o que ocorreu. Também registrei fatos descritos em jornais e depoimentos que ainda não estavam em livros” – conta Bianchi.

A obra é fruto de uma intensa pesquisa e uma escuta dedicada. O autor recorreu a diferentes estudos acadêmicos para embasar sua narrativa, mas o protagonismo de sua obra está na riqueza dos depoimentos e em seu olhar sem filtros ou preconceitos. “Algumas pessoas se emocionaram muito com a oportunidade de falar e eu também me emocionei ao ouvi-las. Fomos a lugares distantes, estradas de chão… era raro alguém negar um depoimento. Eles literalmente abriram suas casas e contaram suas histórias e é isso que relato no meu livro” – afirma o autor.

A coleta dos depoimentos começou na Itália, onde em muitos casos, Bianchi utilizou-se dos conhecimentos do ‘talian’ para ser compreendido. Além dos italianos, a pesquisa envolveu personagens residentes nos municípios de Veranópolis, Roca Salles, Coronel Pilar, Garibaldi, Bento Gonçalves, Monte Belo, Pinto Bandeira, Farroupilha, São Marcos, Caxias do Sul, Nova Petrópolis, São José do Hortêncio, Feliz, Vale Real, Alto Feliz, Morro Reuter, Santa Maria do Herval, Sapiranga, Montenegro, São Vendelino, Tupandi, Picada Café, Carlos Barbosa, Barão, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Vila Flores, Santo Antônio do Palma, Flores da Cunha e Antônio Prado.

O livro Lavradores de Enxada não se prende a uma ordem cronológica e, por vezes, aproveita fatos para fazer um contraponto com realidades atuais. É assim quando Bianchi apresenta um pouco da arquitetura deixada pelos imigrantes e faz um paralelo com escolas rurais abandonadas, nas mesmas localidades. Ao discorrer sobre diferentes etnias e suas culturas ele aborda curiosidades atuais como, por exemplo, a paixão das comunidades do interior pelo esporte amador, as festas de colônia, incluindo os “kerbs”, as bandas típicas e até a chegada da música eletrônica e os tradicionais conjuntos de baile.

E não poderia deixar de lançar seu olhar sobre temas atuais envolvendo a imigração recente. Em um trecho do livro, ele entrevistou um grupo de venezuelanos que veio para o Brasil em busca de trabalho e também abordou a vinda de haitianos e senegaleses.

O livro tem o financiamento da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e Prefeitura de Caxias do Sul, com apoio cultural de RandonCorp, Guinchos Vanin e Paris Administração e Participações.

O lançamento será em grande estilo, com um “mini filó” no Zarabatana Café, com a presença do Grupo Girotondo para alegrar o momento.

Serviço:

O que: Lançamento do livro Lavradores de Enxada, de José Bianchi

Quando: 3 de maio, sexta-feira, a partir das 19h

Onde: Zarabatana Café – Centro de Cultura Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312 – Panazzolo, Caxias do Sul – RS)

Quanto: entrada franca. O livro estará à venda por R$ 60 (preço promocional de lançamento, exclusivo para o dia)

Sobre o autor:

José Bianchi nasceu em São Valentim da Segunda Légua, interior de Caxias do Sul, e é neto de imigrantes italianos oriundos das regiões do Vêneto ( família paterna) e de Trento (família materna), passou sua infância entre a capela de São Valentim e o interior do município de Feliz-RS. Graduado em Ciências Econômicas e Ciências Contábeis pela UCS, cursou parcialmente a Faculdade de Estudos Sociais. Lavradores de Enxada é seu primeiro livro.

Ele tem pós-graduação em Administração Hospitalar pelo IAHCS (Instituto de Administração Hospitalar e Ciência da Saúde, através da UCS). Foi presidente do IPAM (Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul), Secretário Municipal de Administração do município de Caxias do Sul e Diretor Administrativo da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. Aposentou-se no cargo de Oficial Legislativo, pertencente ao quadro de carreira da Câmara Municipal.

Continue lendo

Cultura

Ponto de Cultura NAV abre inscrições para oficinas gratuitas de audiovisual

Publicado em

em

São 120 vagas para formação básica em cinema e vídeo

O Ponto de Cultura NAV – Núcleo Audiovisual FSG está com inscrições abertas para oficinas gratuitas de formação. Com foco na qualificação básica para cinema e vídeo, o projeto Ciclo de Oficinas Audiovisuais terá seis módulos, contemplando todas as fases que envolvem a realização de um filme: Elaboração de Projeto, Escrita Documental, Produção Audiovisual, Direção Cinematográfica, Direção de Áudio e Prestação de Contas.

Ao todo, são 120 vagas, voltadas especialmente para estudantes, artistas, produtores, agentes culturais e profissionais que já desenvolvem projetos na área ou queiram aprimorar conhecimentos para disputar editais, buscar parcerias ou captar recursos. As inscrições podem ser feitas pelo WhatsApp (54) 99198-1008 ou pelo e-mail ciclodeoficinasaudiovisuais@gmail.com. Metade das vagas são reservadas para mulheres, comunidade LGBTQIAPN+, pessoas negras e pessoas de baixa renda.

A programação abre dia 27 de abril, sábado, com a oficina de Elaboração de Projeto, ministrada pela produtora cultural Bete Souza. “O objetivo é que os participantes passem pelas principais etapas da realização de um projeto audiovisual, do planejamento à prestação de contas. A ideia é que eles entendam o processo de produção, seja de um filme, de um curta, de um clipe musical ou de um vídeo para o YouTube. Ao final das oficinas, eles terão em mãos o ferramental para produzir um filme que chegue ao público, concorra em festivais e até mesmo recupere o investimento financeiro feito na produção”, antecipa a oficineira.

Em maio, serão oferecidos os módulos de Escrita Documental (11/05), com Daniel Vargas, e Produção Audiovisual (25/05), com Nika Ferronato. Na sequência, em junho, os participantes terão as formações de Direção Cinematográfica (08/06), com Marcelo Rosa Costa, e Direção de Áudio (22/06), com Vitor Lemes. O projeto encerra com a oficina de Prestação de Contas (06/07), com Robinson Cabral. Todas as atividades serão realizadas aos sábados, de forma presencial, com duração de 8 horas.

“Quando a gente sabe onde quer chegar e tem o máximo de informações possíveis para a elaboração de um projeto, como objetivos, justificativa, personagens, planilha de custos, equipe e elenco, fica muito mais fácil vender nosso peixe. Seja para produtoras, investidores, patrocinadores ou mesmo para concorrer em editais. Um projeto bem estruturado é imprescindível para a realização audiovisual”, resume Bete.

O projeto Ciclo de Oficinas Audiovisuais conta com recursos do edital 2023 do Financiarte – Financiamento da Arte e Cultura Caxiense, com realização da produtora cultural Bete Souza, em parceria com o Ponto de Cultura NAV – Núcleo Audiovisual FSG.

Serviço

:: O que: inscrições para formações gratuitas do projeto Ciclo de Oficinas Audiovisuais.

:: Inscrições: WhatsApp (54) 99198-1008, com Bete Souza, ou pelo e-mail ciclodeoficinasaudiovisuais@gmail.com.

:: Vagas: 20 vagas por oficina, com 50% de reserva para mulheres, comunidade LGBTQIAPN+, pessoas negras e pessoas de baixa renda

:: Prazo: até preenchimento das vagas.

:: Quanto: inscrições gratuitas; necessário preencher formulário online.

:: Onde: oficinas presenciais no Ponto de Cultura NAV – Núcleo Audiovisual FSG (Rua Os Dezoito do Forte, nº 2366, prédio A, Sala 124). 

Programação de oficinas

Elaboração de Projeto Audiovisual, com Bete Souza

:: Quando: 27 de abril, das 9h às 12h e das 13h às 18h

:: Será desenvolvido um projeto audiovisual, desde a etapa da ideia e do planejamento até a organização da proposta num roteiro básico pronto para ser formatado, seja em proposta para edital, na busca de parcerias para a realização, ou na tão esperada hora da “Ação!”

Escrita Documental, com Daniel Vargas

:: Quando: 11 de maio, das 9h às 12h e das 13h às 18h

:: Contextualização do gênero documentário, dos primórdios aos tempos atuais. O documentário contemporâneo, de ensaio e de autor; roteiro para documentário autoral. A abordagem será teórica e prática, com exemplos de filmes e principais representantes. Ao final, terá espaço de perguntas e troca de ideias sobre projetos dos participantes, em forma de orientação.

Produção Audiovisual, com Nika Ferronato

:: Quando: 25 de maio, das 9h às 12h e das 13h às 18h

:: Conceitos básicos de produção de imagens, possibilitando o conhecimento das etapas necessárias para a realização audiovisual. Projeto e roteiro; decupagem e necessidades; cronograma de trabalho; planilhas e checklist; artefatos e profissionais. Pré-produção, produção, execução, finalização e entrega.  

Direção Cinematográfica, com Marcelo Rosa Costa

:: Quando: 8 de junho, das 9h às 12h e das 13h às 18h

:: O percurso da realização cinematográfica, desde a ideia original até a concretização do projeto. Debater os aspectos técnicos de cada etapa, ressaltando a importância de uma elaboração orgânica com os diferentes profissionais envolvidos. Discutir as necessidades de produção e as possibilidades oferecidas pela tecnologia, da captação à difusão, seja em festivais ou em plataformas específicas.

Direção de Áudio, com Vitor Lemes

:: Quando: 22 de junho, das 9h às 12 e das 13h às 18h

:: Definições, informações e técnicas iniciais para o domínio da direção de áudio. Na oficina serão trabalhados 40 tópicos, divididos nos módulos: fundamentos do som, fenômenos sonoros e audição humana, equipamentos de áudio, eletricidade e eletrônica em áudio, mesa de som e prática operacional.

Prestação de Contas, com Robinson Cabral

:: Quando: 6 de julho, das 9h às 12 e das 13h às 18h

:: Informar, de maneira clara e objetiva, os principais aspectos da prestação de contas, seu dever constitucional, a relação da execução e da prestação, aspectos físicos e financeiros, vedações, sanções e limitações, e a prática no preenchimento de formulários e relatórios. A oficina pretende trazer ferramentas e dicas para auxiliar produtores, gestores e profissionais que trabalham com projetos incentivados.

Continue lendo