fbpx
Conecte-se conosco

Negócios

GESTÃO 2022-2026 DO SINDILOJAS CAXIAS ASSUME NESTA SEXTA

Publicado em

em

A nova diretoria do Sindilojas Caxias, presidida por Rossano Boff, assume em posse festiva, que vai ser marcada também pela outorga do troféu O Mercador, no dia 1º de abril.

A posse festiva da nova diretoria do Sindilojas Caxias, que marca a posse de Rossano Boff, vai ocorrer no dia 1º de abril, às 20 horas, no Restaurante Sica (Rua Ítalo Victor Bersani, 1134, bairro Jardim América). A solenidade que inicia com a outorga do troféu O Mercador 2022 será seguida pela cerimônia de posse das diretorias do Sindigêneros e Sindilojas Caxias.  

O empresário Rossano Fernando Boff, da Sapataria Caxiense, foi eleito o novo presidente do Sindilojas Caxias do Sul, em chapa única, e assume um mandato de quatro anos, que vai de 1º de abril de 2022 a 31 de março de 2026. Além disso, também haverá a posse da diretoria do Sindigêneros Caxias do Sul, que será presidida por Volnei Basso. 

O troféu O Mercador será entregue aos agraciados Idalice Manchini, na categoria Destaque Lojista, Jorge Salvador, como Destaque de Gêneros Alimentícios e em Reconhecimento Público ao comerciante e ex-prefeito Flávio Cassina. Desde 1978, o Troféu “O Mercador” simboliza a homenagem às personalidades que se destacam no setor do comércio lojista e de gêneros alimentícios de Caxias do Sul. Trata-se de um reconhecimento às pessoas que contribuíram para o desenvolvimento de seus estabelecimentos e do comércio.

Diretoria Sindilojas Caxias | Gestão 2022-2026 

DIRETORIA EFETIVA  

Presidente: Rossano Fernando Boff  

1º Vice-presidente: Márcia Regina Costa  

2ª Vice-presidente: Marilene Dotti Sartori  

Diretora Administrativa: Lizete Zamboni Vieira 

Diretor Administrativo Substituto: Rubens Rafagnin  

Diretora Financeira: Idalice Teresinha Manchini  

Diretor Financeiro Substituto: Jairo Fraga da Silva  

Membros Suplentes: Gilmar Dal Pizzol, Leonardo Beretta, Greice Onzi, Danielle Rossi, Gisleida Aparecida Corso Jordani, Eliana Nicloti Marinho, Luciano de Oliveira Vargas  

CONSELHO FISCAL  

Membros Efetivos: Marcos André Rossi Victorazzi, Ivanir Antônio Gasparin, Cíntia Montemezzo  

Membros Suplentes: Jussara Wacholz Leite, Denise Spiandorello, Gabriel Ferrarini  

DELEGADOS REPRESENTANTES DA FECOMÉRCIO-RS 

Membros Efetivos: Rossano Fernando Boff, Idalice Teresinha Manchini

Membros Suplentes: Márcia Regina Costa, Marilene Dotti Sartori 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Negócios

Em cerimônia histórica, Tarciana Medeiros toma posse como primeira presidenta do BB em 214 anos

Publicado em

em

“É preciso ter a cabeça mais arejada”, diz Lula durante solenidade; nome da executiva é bem visto entre trabalhadores

Presente na posse de Tarciana Medeiros, Lula disse desejar que o BB se torne “campeão em crédito consignado” – Stuckert/Divulgação

Passaram-se mais dois séculos até que o Banco do Brasil (BB) pudesse, enfim, contar com uma mulher na presidência da empresa. Foi na noite desta segunda-feira (16), em meio a uma cerimônia festiva, que a instituição escreveu uma das páginas mais marcantes de sua trajetória, com a posse da executiva Tarciana Medeiros como nova dirigente máxima da companhia.

Empossada diretamente pelo presidente Lula (PT), Tarciana pertence aos quadros do próprio BB há mais de duas décadas, tem 44 anos, é negra, nordestina, defensora das causas do segmento LGBTQIA+ e ex-feirante. Em seu primeiro discurso à frente da empresa, ela destacou algumas dessas características, agradeceu ao petista pela indicação e fez menção à promoção da diversidade na companhia.

:: Mulheres vão ocupar presidência do BB e da Caixa pela primeira vez; veja quem são ::

“A diversidade estará presente como marca dessa gestão. E não vamos ficar apenas no aspecto simbólico da minha nomeação. Construiremos um diagnóstico preciso. Adotaremos medidas concretas para diversificar ainda mais os times e as lideranças, enriquecendo o debate de ideias, a proposição de soluções e a tomada de decisões. O Banco do Brasil vai vivenciar a diversidade plena, na prática”, entoou a nova presidenta da empresa.  


“Não vamos ficar apenas no aspecto simbólico da minha nomeação”, disse Tarciana Medeiros, ao falar da relevância da diversidade na gestão / Stuckert/Divulgação

Pelo valor simbólico e inédito da escolha de uma mulher para chefiar a instituição, o recorte de gênero foi lembrado pelos diferentes presentes que prestigiaram a cerimônia. “Não basta [o banco] ser público. É preciso que as pessoas que dirigem tenham a cabeça mais aberta, tenham a cabeça um pouco mais arejada para entender que determinadas coisas vão acontecer como novidade porque nunca tinham acontecido. Eu fico estarrecido de estar aqui hoje na sua frente sabendo que você é a primeira mulher a chegar à presidência”, disse Lula, ao se dirigir a Medeiros.

”O fato de ela ser negra diz mais ainda sobre o valor histórico deste momento”, acrescentou a ministra da Cultura, Margareth Menezes, que também discursou no evento. “É uma conquista dos funcionários, uma conquista do povo”, emendou.

Mudança

O nome de Tarciana Medeiros é bem aceito entre entidades que representam trabalhadores do sistema bancário. O segmento comemora, por exemplo, o fato de a nova presidenta ser uma funcionária de carreira. A executiva não veio exatamente de base trabalhista, mas é bem vista entre os colegas. Entre outras coisas, Tarciana é administradora e pós-graduada em Marketing e Liderança, Inovação e Gestão. Ela ocupou diferentes funções de gerência e passou por unidades do BB em pontos distintos do país, do Nordeste ao Norte e com passagem pelo Distrito Federal (DF), por exemplo.  

“Quando é assim, a pessoa que está na presidência tende a ter uma preocupação maior com a empresa do que alguém que não é do banco. O que a gente enxerga de melhor nisso tudo é a quebra de paradigma, pelo fato de o Lula confiar a uma mulher a chefia da maior empresa pública financeira da América Latina. Este momento é muito importante para a gente e a gente bota fé que ela fará um grande mandato à frente do banco”, disse ao Brasil de Fato o secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), Gustavo Tabatinga, que é funcionário de carreira da empresa há 22 anos.

A mudança de governo no âmbito da gestão federal amplia os horizontes das entidades trabalhistas do ramo. “É que agora temos uma perspectiva de reconstrução para o BB”, exemplifica Tabatinga.  

Cenário

Tarciana Medeiros assume o cargo no momento em que o BB comemora as cifras colhidas no último período. No terceiro trimestre de 2022, a empresa teve o maior lucro nominal da história, com R$ 8,1 bilhões, considerando os bancos de capital aberto do país. O montante representa uma alta de mais de 70% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Paralelamente, o BB também conviveu com o fantasma da privatização, pauta que se destacou no governo Bolsonaro (2019-2022) em relação a diferentes estatais de importância nacional. O banco foi alvo ainda de duras críticas nos últimos anos por conta da forma como vinha conduzindo a sua cartilha de atuação.  

Sob a gestão de Bolsonaro, a empresa recebeu queixas pela imposição de metas abusivas e que adoecem os trabalhadores, praticou juros altos e, entre outras coisas, fechou uma série de agências. Dados do Banco Central mostram que foram mais de 380 unidades com funcionamento encerrado em 2021, ano em que foi lançado um “plano de reestruturação”.

O diretor-executivo do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, João Fukunaga, aponta que isso está entre os principais desafios que a gestão de Tarciana Medeiros deverá enfrentar à frente do banco para fazer com que ele volte a ser indutor do desenvolvimento nacional.

“Nas cidades, se a gente observar, você vai ver que o BB fechou agências no entorno das periferias. Hoje você tem inúmeras filas de pessoas que precisam de crédito. Muitos microempreendedores individuais estão endividados e estão atrás de crédito sustentável, diferenciado ou simplesmente um crédito normal. Então, o banco pode atuar nesse segmento”, cita.

Economia

Função amplamente proclamada pelo segmento dos trabalhadores do BB e outros atores políticos e sociais, bem como pelo próprio presidente Lula, o papel de gerador do desenvolvimento tende a ser fortalecido na nova gestão do BB. Com visão progressista, o chefe do Executivo tem defendido essas e outras medidas, com destaque para ações que incluam a população menos favorecida entre as políticas do banco.

“Quero que a gente seja o campeão em crédito consignado. E eu quero mostrar para vocês uma coisa que eu dizia em 2003 e vou dizer agora: o pobre neste país não é o problema. Ele é a solução na medida em que é incluído na economia. E nós vamos outra vez incluir o povo pobre na economia e queremos que o BB cumpra a sua parte”, disse Lula.

Com 214 anos de existência, o BB é uma das maiores instituições financeiras do país, opera como sociedade de economia mista e tem o governo federal como detentor de 50% das ações. “Temos 1 milhão de acionistas e continuaremos gerando o retorno adequado ao capital que investiram na empresa. O BB continuará a ser um banco rentável e sólido, criando valor para a sociedade. Podemos, sim, conciliar nossa atuação comercial com uma atuação pública”, disse Medeiros, ao citar ainda a intenção de ampliar a oferta de crédito “de forma criteriosa”.

Edição: Vivian Virissimo

Continue lendo

Geral

Caxias receberá Exposição Regional de Orquídeas

Publicado em

em

Evento, com apoio do Município, ocorrerá no primeiro final de semana de novembro

A Prefeitura de Caxias do Sul é uma das apoiadoras da 21ª Exposição Regional de Orquídeas, que ocorre de 04 a 06 de novembro, no Salão Paroquial da Igreja de Santa Catarina. A iniciativa da Orquidófilos Reunidos de Caxias do Sul (Orca) ainda tem o apoio da Federação Gaúcha dos Orquidófilos.

A programação terá início na sexta-feira (04), a partir de 13h, para o recebimento de plantas, que seguem na manhã de sábado, das 8h às 10h. A partir deste horário, até o meio-dia, ocorre o julgamento para premiação das melhores plantas. Serão premiadas 29 variedades de plantas.

O horário de visitação do público em geral será na sexta (04) e sábado (05), das 13h às 20h do sábado, prosseguindo no domingo (06), das 9h às 18h. Durante todo este período, os visitantes poderão adquirir exemplares expostos.

Caxias do Sul já é reconhecida como polo de produção de orquídeas. São dezenas de orquidários atuando em diversas frentes de mercado, inclusive com volume expressivo de vendas para o exterior. “O mercado está em processo de crescente contínua, com abertura de novos mercados e expansão dos atuais, abrindo oportunidades para investimentos no incremento da produção”, revelam o presidente da Orca, Lino Perin, e a secretária Jordana Montanari.

Os gestores da entidade entregaram convite à vice-prefeita Paula Ioris para participar da solenidade abertura do evento, às 15h do sábado. O encontro ainda teve as presenças dos secretários da Agricultura, Rudimar Menegotto, e do Turismo, Ênio Martins; e o vereador Gilfredo De Camillis.

Continue lendo

Negócios

Caxienses conquistam premiações na Expointer 2022

Publicado em

em

Cinco ônibus lotados de produtores rurais do Município visitaram a feira nesta quarta 31.08

A Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) participou da visita técnica de 220 produtores rurais caxienses à Expointer nesta quarta-feira (31.08). Eles foram transportados de várias localidades do interior até Esteio em cinco ônibus, disponibilizados pelo Sicredi e pelo Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares (STR).

A visita técnica à Expointer foi retomada neste ano, depois do período de restrições por conta da pandemia de coronavírus. “A feira está batendo diversos recordes e muito se deve à animação do público e dos expositores em função da retomada”, analisa o titular da SMAPA, Rudimar Menegotto.

Segundo ele, o objetivo da visita é oportunizar aos produtores o acesso à feira e às inovações apresentadas durante o evento. “A intenção é que as famílias tenham acesso às informações tecnológicas, que são ferramentas importantes para a gestão das propriedades”, afirma. Menegotto também esteve no Parque Assis Brasil na quarta-feira e aproveitou para visitar produtores rurais caxienses que estão expondo, e inclusive conquistando premiações (veja abaixo).

No Pavilhão da Agroindústria, estão dois estabelecimentos caxienses: Agroindústria Santa Bárbara (copas e salames) e Orquidário Pebi. O empreendedor Paulo Genésio da Silva, da Santa Bárbara, participa desde 2010. “A Expointer é uma oportunidade muito boa para nós porque aumenta a visibilidade e abre novos mercados para a nossa agroindústria, localizada na Parada Cristal”, destaca. A Expointer vai até domingo (04), no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Confira os prêmios conquistados pelos pecuaristas da região de Criúva:

Rancho Criúva – Criador Joceley Marcos Trevisan

Raça Sindi

  • Grande campeã da raça
  • Grande campeão da raça

Fazenda das Nogueiras – Criador José Adalmir Ribeiro do Amaral

Raça Gir leiteiro

  • Grande campeã
  • Reservada de grande campeã
  • Campeã vaca sênior
  • Campeã vaca adulta
  • Reservada vaca adulta
  • Campeã vaca jovem
  • Campeã fêmea jovem
  • 3ª Melhor novilha
  • 3ª Melhor fêmea
  • Campeão conjunto família
  • Reservada de Campeã Novilha Maior
  • Reservada de Campeã Bezerra
  • Campeão bezerro
  • Campeão macho jovem
  • Reservado de grande campeão

Raça Girolando

  • Grande Campeã ½ sangue
  • Grande Campeã ¾ sangue
  • Campeã Bezerra Sênior ½ Sangue
  • Melhor Fêmea Jovem ½ sangue
  • Campeã Vaca 2 Anos Junior ½
  • Reservada de Campeã Bezerra Sênior ½ sangue
  • Reservada de Campeã Melhor Fêmea Jovem ½ sangue
  • Campeã Novilha Mirim ½ sangue
  • Campeã Vaca 2 Anos Junior ½ sangue

Continue lendo