fbpx
Conecte-se conosco

Cultura

Forqueta Cultural de junho na Capela São Martinho

Publicado em

em

Filó reúne Grupo Náni, Felice Personne e vídeo sobre a capela

No próximo domingo (4), às 15h, no Salão da Capela São Martinho, tem mais uma edição do Forqueta Cultural, cujo tema desta edição é “A Magia dos Filós”. Mais uma vez a tradicional alegria dos encontros comunitários entra em cena com muita cantoria, mesa farta e dança. Os grupos Felice Personne e Grupo Náni garantem a animação do público. A programação gratuita é uma realização do Ponto de Cultura Costurando Sonhos e da Varsóvia Educação e Cultura. Durante o filó também será exibido o documentário “As Capelas de Forqueta”, que mostra as igrejas da localidade e seus moradores, bem como serão realizadas visitas guiadas ao interior da capela São Martinho, que é destaque no vídeo desta edição.

O objetivo do projeto é contribuir com o resgate histórico-cultural de um dos bairros mais importantes de Caxias do Sul, com a formação de público para arte, a democratização e descentralização de acesso à cultura e a ocupação de espaços da comunidade para a prática da convivência social através da valorização do patrimônio cultural. Em maio, a de Capela São Vigílio abriu a série de encontros, que devem seguir até outubro nas capelas Santos Anjos, São Roque, São Valentim e São João Batista.

A participação dos grupos culturais comunitários como Grupo de Filó Felice Personne e do Grupo Náni são destaque do filó pela referência que fazem às tradições cultivadas da herança italiana no contexto da Serra Gaúcha. Já a série de vídeos “As Capelas de Forqueta” mostra a fé e a religiosidade das comunidades de Forqueta, organizadas no entorno de suas capelas, com suas edificações religiosas, sua história e particularidades. O trabalho tem direção de Robinson Cabral, com trilha sonora composta pelo músico Rafael De Boni, imagens de Saimon Fortuna e Breno Dalla Zen.

O projeto Forqueta Cultural é uma realização do Ponto de Cultura Costurando Sonhos e da Varsóvia Educação e Cultura com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Caxias do Sul, Apoio Cultural Randoncorp e Fundação Marcopolo, com Parceria da Tecbril Tecnologia em Tintas, Máquinas SanMartin, Plásticos Pisani e Reflorestadores Unidos.

Contato para entrevistas:

Robinson Cabral (54) 9 9945 8519 – varsoviacultura@gmail.com

FORQUETA CULTURAL – 4ª EDIÇÃO – PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 04/06 (domingo) 

15h – Salão da Capela de São Martinho 

Dia 02/07 (domingo) 

15h – Salão da Capela de Santos Anjos

Dia 06/08 (domingo) 

15h – Salão da Capela de São Roque

Dia 03/09 (domingo) 

15h – Salão da Capela de São Valentim

Dia 01/10 (domingo) 

15h – Salão da Capela de São João Batista

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Segunda edição do Slam Papo Reto será neste domingo, em Caxias do Sul

Publicado em

em

Batalha de poesia movimenta o Reffugio das 15h às 18h

A segunda edição do Slam Papo Reto, batalha de poesia que integra o projeto Atentado Verbal: A Revolta de um Povo em Palavras, será neste domingo (14), das 15h às 18h. O evento é realizado no Reffugio Bar, em Caxias do Sul, e as inscrições para competir são gratuitas. O vencedor receberá como prêmio uma produção audiovisual, realizada por equipe profissional, para amplificar o alcance dos seus versos no perfil do Instagram @prp_poesiamarginal e no canal do YouTube PapoRetoPaPoeta Films.

Para participar da competição, é necessário levar ao menos três poesias autorais, com duração de até três minutos. Durante a apresentação, os artistas não podem utilizar instrumentos musicais ou objetos cênicos. Também não é permitida interação com a plateia. Ao longo da batalha, os competidores são avaliados por um júri especializado.

“A primeira edição foi muito significativa. Apesar da chuva, tivemos um bom público, principalmente de crianças e adolescentes. Durante todo o evento, o público interagiu, participou da troca de ideias e esteve bem atento. O Slam abriu portas para novos poetas, principalmente por ser o único evento de poesia marginal realizado neste ano em Caxias do Sul”, avalia Jennifer Pereira, uma das organizadoras.

A primeira edição do Papo Reto foi realizada em maio e reuniu 15 participantes, entre competidores e versos livres, e um público de aproximadamente 40 pessoas. O campeão foi Andrius Franco, conhecido como Drius. Morador do bairro Serrano, em Caxias do Sul, o poeta de 22 anos se apresentou sob o nome artístico de Bigode, em homenagem a um amigo que insistia para ele utilizar este nome e morreu na semana anterior ao evento. A gravação do produto audiovisual com Drius foi realizada nesta semana, mas ainda sem data para estrear.

Além das edições mensais do Slam Papo Reto e das produções audiovisuais para os vencedores, o projeto prevê a realização de cinco oficinas gratuitas de poesia marginal ministradas por Piedro Corrêa, um dos idealizadores do Slam. A programação contempla entidades que atuam em bairros periféricos de Caxias do Sul: Fluência Casa Hip Hop, CRAS Norte, CAMI São José, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo Santo Antônio e Projeto Semente Conquista.

O projeto Atentado Verbal: A Revolta de um Povo em Palavras tem financiamento da Lei Paulo Gustavo. Realização: Ministério da Cultura e Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul. Apoio: Reffugio e PapoRetoPaPoeta Films. Após o fim do projeto, a intenção dos idealizadores é manter a realização do Slam Papo Reto em edições periódicas.

Serviço

:: O que: segunda edição do Slam Papo Reto.

:: Quando: neste domingo (14), das 15h às 18h.

:: Onde: Reffugio Bar (Rua Marechal Floriano, 1083), em Caxias do Sul.

:: Quanto: evento aberto ao público.

:: Para competir: inscrições gratuitas; é necessário ter pelo menos 3 poesias autorais de até 3 minutos de duração.

:: Próximas edições: 11 de agosto, 8 de setembro e 13 de outubro.

Ficha técnica

:: Coordenação executiva e artística: Piedro Augusto Correa

:: Assistente executiva e artística: Jennifer Pereira Moreira

:: Produção cultural: Franciele Minuzzo

:: Criação audiovisual: Elis Bittencourt

:: Captação de som: Éverton Severo

:: Criação gráfica: Taylor Domingos Pereira

:: Fotografia: Ana Salvi

:: Tradução em libras: C&D Tradução de Libras

:: Contabilidade: Márcia Pezzi

:: Assessoria de imprensa: Sublinha! Comunicação

:: Financiamento: Lei Paulo Gustavo

:: Apoio: Reffugio e PapoRetoPaPoeta Films

Continue lendo

Cultura

Orquestra Acadêmica da UCS leva Concerto Clássico Solidário à Catedral Santa Teresa

Publicado em

em

Apresentação ocorre nesta quarta-feira, dia 12, e o público é convidado a contribuir com doações de alimentos e fraldas

A Orquestra Acadêmica da UCS volta à cena nesta quarta-feira, dia 12 de junho, para mais uma edição do Concerto Clássico Solidário, desta vez na Catedral Diocesana Santa Teresa, no centro de Caxias do Sul. A apresentação começa às 19h e é gratuita, porém o público é convidado a levar alimentos não perecíveis e fraldas infantis e geriátricas, que serão encaminhadas à Casa Madre Teresa. A entidade beneficente fará a triagem e a distribuição dos donativos a famílias vitimadas pelas chuvas ocorridas no mês de maio.

O primeiro Concerto Clássico Solidário foi realizado dia 22 de maio na Igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro Cruzeiro, e emocionou o público. Com o mesmo propósito e formação, a Orquestra Acadêmica da UCS retorna ao palco dia 12 para interpretar peças de Bach, Händel, Beethoven, Bizet, Strauss, entre outros renomados compositores, sob regência do maestro Fábio Alves. O espetáculo é uma realização da Universidade de Caxias do Sul, com o apoio da Prefeitura de Caxias do Sul e da Catedral Diocesana Santa Teresa.

Orquestra Acadêmica da UCS

Formada por 40 músicos estudantes, a Orquestra Acadêmica da UCS, que tem o apoio da Secretaria da Cultura da Prefeitura de Caxias do Sul, visa fomentar a prática orquestral em grupo e propiciar o encontro dos participantes para explorar e ampliar suas capacidades, habilidades, conhecimentos e, assim, promover a aproximação das atividades de orquestras profissionais. É orientada por professores da Escola de Música da UCS e por músicos da UCS Orquestra e da Orquestra de Sopros da prefeitura caxiense.

Serviço
O quê: Concerto Clássico Solidário, com a Orquestra Acadêmica da UCS
Quando: dia 12 de junho, às 19h
Onde: Catedral Diocesana Santa Teresa, no centro de Caxias do Sul
Quanto: gratuito – sugere-se a doação de alimentos não perecíveis e fraldas infantis e geriátricas

Fotos: Pedro Giles

Continue lendo

Cultura

Patrona e Amigo do Livro da Feira do Livro 2024 são escolhidos

Publicado em

em

Nomes ajudarão a promover a 40ª edição do evento

A Secretaria Municipal da Cultura (SMC), através da Diretoria do Livro, Literatura e Leitura, em um processo democrático, reuniu-se nesta segunda-feira (27/05), para a análise e escolha do Patrono e Amigo do Livro da 40ª Feira do Livro de Caxias do Sul. O colegiado composto pela Academia Caxiense de Letras, Associação dos Livreiros Caxienses (ALCA), Conselho Municipal de Políticas Culturais, Programa Permanente de Estímulo à Leitura, diretoria da Casa Cultura e a Secretária Municipal da Cultura, elegeu a Patrona Helô Bacichette e Roger Castro como Amigo do Livro para representarem o evento, auxiliando na visibilidade da Feira e na interlocução com a comunidade.

Ao receber a ligação da secretária Magali, emocionada, Heloisa agradeceu à SMC. “Eu aceito com louvores. Muito obrigada, que honra. Pra mim, é a coroação de um sonho, mas que eu devo muito à Secretaria de Cultura e a essa cidade, aos livreiros, e que fazem a história de Caxias e da Feira acontecerem todos os anos”.

Sobre as escolhas, a secretária da Cultura, Magali Quadros, destaca que “a Feira terá a honra de contar com o trabalho e a dedicação da Helô e do Roger, já costumeiros no evento, mas desta vez de forma ainda mais especial, para fazer essa feira cada vez melhor”.

Patrona: Helô Bacichette

Caxiense, é professora, com formação em Letras e Especialização em Educação do Movimento pela UCS. Pós-graduada em Literatura Infantil e Juvenil pela UCAM/RJ. Escreve, conta histórias, coordena cursos e realiza oficinas para professores e adolescentes. Foi coordenadora da Confraria Reinações Caxias, de 2009 a 2013. Fez parte da diretoria da AGES – Associação Gaúcha de Escritores (2012 a 2015). Foi coordenadora do PPEL – Programa Permanente de Estímulo à Leitura de Caxias do Sul, de 2017 a 2021. Integrou a Comissão Organizadora da Mostra Literária da Rede Recria – Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente de Caxias do Sul, de 2008 a 2019. Idealizadora do Projeto “Elos do Conto – Elos da Palavra”, voltado a adolescentes e crianças em situação de vulnerabilidade social. Em 2021, realizou palestra (live) e exposição de suas obras na Frankfurter Buchmesse (Brazilian Literature and Authors). Recebeu o troféu “Sou de atitude”, da Associação Criança Feliz, segmento “Formação de políticas públicas para a Infância e a Juventude”, e em 2017 recebeu o troféu “Palavra Viva”, homenagem do Sintrajufe/RS pelo conjunto da obra e pelo trabalho em prol do livro e da leitura.

Amigo do Livro: Roger Castro

É contador de histórias no Grupo Vivandeiros da Alegria, Doutor e Mestre no Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade de Caxias do Sul/RS, pesquisador com ênfase no estudo da contação de histórias, dinâmicas literárias e ludicidade. Possui graduação em Licenciatura em Dança pela Universidade de Cruz Alta/RS e Licenciatura em Pedagogia pela UNINTER (Caxias do Sul/RS). Criador e diretor do Grupo Vivandeiros da Alegria, animador cultural e palestrante em diversos municípios do país. Já atuou em mais de 50 espetáculos teatrais e montagens literárias com a criação de personagens para dinamizar as ações lúdicas e literárias, como a Dona Literata, Tertulino Brandão, Dr. Paracetamol Verissimo, Zé do Cordel e pirata Sete Histórias.

Prestes a completar quarenta anos, a Feira do Livro de Caxias do Sul, instituída oficialmente pela Lei Nº 2.828 de 11 de outubro de 1983, teve a sua primeira edição em 1984. O evento é um dos maiores do estado, reunindo autores, editoras e livrarias, e oferecendo ao público uma ampla programação de atividades, como palestras, lançamentos de livros, sessões de autógrafos, oficinas e apresentações culturais. A edição deste ano ocorrerá de 27 de setembro a 13 de outubro.

Continue lendo