fbpx
Conecte-se conosco

Saúde

Deputada federal Denise Pessôa protocola Projeto de Lei para permitir o acompanhamento de doulas antes, durante e após o parto

Publicado em

em


Projeto de Lei Nº 2814/2023 foi protocolado em homenagem ao Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna, que é celebrado em 28 de maio, e inclui o acompanhamento da doula em casos de indicação de cesariana. 

A deputada gaúcha Denise Pessôa (PT) protocolou, nesta sexta-feira (26), o Projeto de Lei Nº 2814/2023 que possibilita às gestantes o acompanhamento de doulas em consultas, exames pré-natal, durante o parto e no pós-parto imediato, inclusive no caso de indicação de cesariana. Atualmente, a legislação obriga que os serviços de saúde do SUS permitam a presença de apenas um acompanhante durante o trabalho de parto, o parto e o pós-parto imediato e não prevê a possibilidade de as doulas acompanharem a mulher em cesáreas de urgência.

“O acompanhamento com a doula me fez ter mais consciência do meu corpo durante toda gestação e me deixou mais segura para fazer as melhores escolhas sobre como parir. Eu sabia que, com a doula ao meu lado, minhas escolhas seriam respeitadas. Foi graças a ela que consegui ter parto normal”, comenta a deputada proponente do projeto, Denise Pessôa, que é mãe do Eduardo (5 anos). A parlamentar ressalta que o projeto também é uma forma de prevenir a depressão pós-parto, “pensando na saúde integral de toda mãe que merece receber apoio físico e emocional durante um dos momentos mais importantes de suas vidas, que é o momento de dar à luz, e a doula oferece isso”, afirma Denise. 

A atuação da doula durante o parto é reconhecida e estimulada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com estudos divulgados pela Fiocruz, a segurança transmitida pelas doulas durante todo o processo ajuda a diminuir em 50% os índices de cesáreas, 25% a duração do trabalho de parto, 60% os pedidos de analgesia peridural, 30% o uso de analgesia peridural, 40% o uso de ocitocina e 40% o uso de fórceps.

O projeto também faz alusão ao 28 de maio, que é considerado Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. O dia foi definido em 1984, no IV Encontro Internacional Mulher e Saúde, ocorrido na Holanda. Em 1987, a Rede de Saúde das Mulheres Latino-Americanas e do Caribe (RSMLAC) propôs que, a cada 28 de maio, a temática nortearia ações políticas que visem prevenir mortes maternas evitáveis.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Cuba confirma registro na Bielo-Rússia de vacina contra câncer de pulmão

Publicado em

em


O registo na Bielorrússia da primeira vacina terapêutica contra o cancro do pulmão mostra os resultados que o sector biotecnológico e farmacêutico colhe hoje, apesar do bloqueio dos Estados Unidos, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Bruno Rodríguez.

Rodríguez destacou o mérito do setor biotecnológico e farmacêutico nacional, que, segundo ele, continua colhendo grandes resultados, apesar das dificuldades impostas pela intensificação do bloqueio dos Estados Unidos contra a nação caribenha.

Um relatório da agência Prensa Latina, datado de Minsk, capital da Bielorrússia, em 12 de julho, informou que o Ministério da Saúde da Bielorrússia, através do seu Centro de Especialistas e Testes em Saúde, concedeu o registro da vacina cubana Cimavax.

O medicamento foi a primeira vacina terapêutica patenteada e oficialmente registada no mundo contra o cancro do pulmão, segundo a fonte jornalística.

A decisão da agência reguladora da nação eslava é uma conquista indiscutível da biotecnologia cubana num país com padrões tão elevados e exigentes como a Bielorrússia, comentou o embaixador cubano em Minsk, Santiago Pérez.

Da mesma forma, o país europeu foi o primeiro naquele continente a registar a vacina cubana Soberana, desenvolvida contra a Covid-19, lembrou o chefe da legação diplomática da ilha caribenha.

Segundo o embaixador, este registo mostra também o progresso das relações bilaterais, especificamente na área económico-comercial que permitiria um aumento nas exportações para Cuba.

Ao mesmo tempo, assegurou Pérez, revela o progresso da cooperação entre as comunidades científicas dos dois países e talvez seja o início de um processo mais dinâmico de registo mútuo de medicamentos tanto na Bielorrússia como em Cuba.

Continue lendo

Saúde

Prefeitura amplia horário para vacinação contra gripe a partir de segunda (20/05)

Publicado em

em

Sete UBSs passam a vacinar até 20h

Para facilitar o acesso da população, a Prefeitura de Caxias do Sul por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) amplia, a partir de segunda-feira (20/05), o horário de vacinação contra gripe (Influenza). As sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de horário estendido passam a aplicar essa vacina até as 20h. Antes o horário era até 18h.

Assim, as sete UBSs que passam a vacinar contra a gripe até mais tarde são Cinquentenário, Cruzeiro, Desvio Rizzo, Eldorado, Esplanada, Reolon e Vila Ipê. Nas demais UBSs do Município o horário segue sendo das 8h às 15h (exceto Centenário e Vila Cristina, temporariamente fechadas, e Sagrada Família, com problemas na câmara de vacinas).

A diretora técnica da Vigilância Epidemiológica, Magda Beatris Teles, lembra que a cobertura vacinal dos grupos prioritários em Caxias do Sul no momento é de 38% e destaca a importância da vacinação também diante do aumento de internações pela doença em todo o Rio Grande do Sul e do esse cenário de pessoas abrigadas, bem como da chegada do período do frio.

“É uma estratégia para que a população de Caxias consiga se deslocar fora do seu horário de trabalho, para se organizar de uma maneira mais prática, lembrando que a vacina está aberta para todas as pessoas acima de seis meses de idade e reforçando a necessidade dos grupos prioritários, principalmente crianças, idosos e gestantes, que estão dentro da população de risco para agravamento das doenças respiratórias, internação e de eventualmente ocorrer óbito. É um convite para a população caxiense procurar as unidades e colocar em dia o seu cartão vacinal”, explica Magda.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza ocorre até 31 de maio.

Continue lendo

Saúde

Dia D tem 4 mil pessoas imunizadas contra a gripe

Publicado em

em

Também foram aplicadas 409 doses do calendário de rotina

O Dia D de vacinação contra a Influenza teve 4 mil pessoas imunizadas contra a gripe. Todas as UBSs abriram neste sábado (06.04) para atender ao público. Também foram aplicadas 409 doses do calendário de rotina de vacinas.

Antes das 9h, hora que iniciava o atendimento, a UBS Cruzeiro tinha fila na porta. A senhora Carmem Trentin, 62 anos, foi a primeira a ter a dose contra a gripe aplicada. Ela relatou que é cuidadora de uma idosa e entende que fazer a vacina é uma forma de se proteger, mas também proteger a pessoa de quem ela cuida. Carmem disse ainda que aprova a ação do sábado, porque facilita o acesso para quem trabalha durante a semana.

A vice-prefeita, Paula Ioris, e a diretora de Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde, Juliana Argenta, acompanharam o início da vacinação no local.

O movimento foi intenso em muitas UBSs, especialmente de idosos e crianças, que são dois grupos dentro dos públicos prioritários. Por enquanto a campanha é exclusiva para esses públicos vai até 31 de maio.

O Dia D deste sábado foi uma iniciativa da Prefeitura de Caxias. Outro dia D, este nacional, ocorre no próximo sábado, dia 13 de abril, das 8h às 17h, também em todas UBSs. A vacina contra a gripe também está disponível nas UBSs de segunda a sexta.

Doses de vacina aplicadas no Dia D

  • Contra Influenza: 4.000
  • Vacinas do calendário de rotina: 409
  • Total: 4.409

Foto por Rodrigo Rossi

Continue lendo