fbpx
Conecte-se conosco

Educação

Contee relança campanha “Educação não é mercadoria”

Publicado em

em

A Contee vai reavivar, na Conape (Conferência Nacional Popular de Educação) 2022, que começa na próxima sexta-feira (15), a campanha “Educação não é mercadoria”.

Lançada há mais de 10 anos para denunciar a mercantilização e, numa segunda fase, a financeirização no ensino superior, a campanha, na verdade, nunca deixou de estar ativa e extremamente atual. E, agora, diz respeito também à educação básica, sobre a qual avançam cada vez mais as grandes corporações de capital aberto.

Pelo mesmo motivo, a Contee também vai realizar, no dia 16, segundo dia de Conape, às 11h30, atividade autogestionada sobre a regulamentação da educação privada. A Confederação lançará ainda, com ampla divulgação, o manifesto “Derrotar Bolsonaro para reconstruir a educação!”, que será entregue a Luiz Inácio Lula da Silva, durante a Conferência.

No documento, a Contee denuncia que o avanço do capital aberto, tanto sobre o ensino superior quanto sobre a educação básica, se vale de recursos públicos, “por meio da criação de fundações, institutos e ONGs, supostamente ‘sem fins lucrativos’, que atuam junto à rede pública como se fossem ‘colaboradores’, numa nova e escamoteada forma de privatização”.

A Confederação alerta, em sequencia, que a “atuação danosa e desregulamentada do capital aberto no ensino brasileiro ataca nossa concepção de educação e põe em risco a soberania e o desenvolvimento nacionais”.

A Conape 2022 acontece em Natal (RN), de 15 a 17 de julho. A programação completa está disponível neste link.

Por Táscia Souza, no site da Contee

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Secretaria Municipal da Educação realizou neste sábado (09) a primeira Blitz da Educação

Publicado em

em

Evento contou com diversas atrações pedagógicas e lúdicas para toda a comunidade

A diretoria pedagógica da Secretaria Municipal da Educação (Smed), realizou neste sábado (09) a primeira Blitz da Educação. O evento aconteceu em frente à Secretaria e contou com diversas atrações pedagógicas e lúdicas. A Blitz da Educação é um movimento que sensibiliza o cuidado com as pessoas, o acolhimento, além de trabalhar diversos aspectos da aprendizagem.

A primeira atração da manhã foi a banda marcial da EMEF Eng.º Mansueto Serafini, seguida da banda marcial da EMEF Presidente Castelo Branco. As EMEF Arnaldo Ballvê, Nova Esperança, Carlin Fabris, Dolaimes Stédile Angeli, Guerino Zugno e Senador Teotônio Vilela, participaram do evento com a mostra de pensamento computacional e robótica, colocando em prática trabalhos que desenvolveram ao longo do ano.

Durante a manhã tivemos ainda a participação da Professora e cantora Aline Luz e do cantor Rico Neto, que nos abrilhantaram com canções infantis. As crianças puderam aproveitar a manhã com brincadeiras lúdicas como bola de sabão, jogo de xadrez, parede de escalada, contação de história, espaço sensorial e muito mais. O auge da festa foi a apresentação do Sr. Elefante da Plataforma Elefante Letrado, que mais uma vez encantou a todos com muita música e interação.

Para o diretor pedagógico, Vagner Peruzzo, “A primeira Blitz da Educação foi uma parada importante para fazer entoar a arte, a música e a tecnologia. A ação foi realizada propositalmente na rua, para retomar as possibilidades de brincadeiras da infância e ocupar todos os espaços”.

Continue lendo

Educação

Sesc EAD EJA abre inscrições para mais de 1,2 mil vagas no RS

Publicado em

em

Iniciativa que oferece formação gratuita no Ensino Médio com qualificação profissional terá aulas em 33 municípios gaúchos

A partir da próxima segunda-feira, dia 04 de dezembro, o Sesc/RS abre as inscrições para as turmas de 2024 da EAD EJA, que oferece a jovens e adultos formação gratuita no Ensino Médio, com qualificação profissional em Produção Cultural. Serão 1.280 vagas distribuídas em 33 municípios gaúchos. O curso tem duração de três semestres e carga horária de 1.200 horas, sendo 80% das aulas em formato virtual e 20% em formato presencial.

Os candidatos devem ter mais de 18 anos, Ensino Fundamental completo e residirem próximos ao polo informado no momento da inscrição para o comparecimento aos encontros presenciais. A matrícula permite, ainda, a participação dos estudantes em atividades de cultura, esporte e lazer oferecidas pelo Sesc nas Unidades. O edital e as inscrições, que podem ser feitas até o dia 12 de janeiro, estão disponíveis em sesc.com.br/ead.

No EAD EJA, a construção dos conteúdos foi baseada em experimentações, simulação de práticas, mecanismos de jogos, dramatizações e outras estratégias que possibilitam maior interação com os participantes. No Rio Grande do Sul, as 33 Unidades que oferecem vagas para o próximo semestre são: Alegrete, Bento Gonçalves, Cachoeira do Sul, Camaquã, Canoas, Carazinho, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Farroupilha, Gravataí, Ijuí, Lajeado, Montenegro, Novo Hamburgo, Osório, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santana do Livramento, São Borja, São Leopoldo, Taquara, Torres, Tramandaí, Uruguaiana, Vacaria, Venâncio Aires e Viamão.

EAD EJA – A Educação à Distância para Jovens e Adultos (EAD EJA) é oferecida pelo Sesc, em parceria com o Senac, responsável pela plataforma, para proporcionar a jovens e adultos a oportunidade de concluírem o Ensino Médio gratuitamente, com uma qualificação profissional complementar em Produção Cultural. O curso, com duração de 1 ano e meio, é oferecido em 13 estados, nas regiões Norte, Nordeste e Sul. No RS, são 33 polos, onde os alunos têm uma aula presencial por semana. As vagas são destinadas para pessoas com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos nacionais, e, preferencialmente, que sejam trabalhadoras do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes, ou que sejam egressos da rede pública de ensino.

Inscrições EAD EJA – Sesc/RS

Data: 04/12/23 a 12/01/24

Informações e formulário de para pré-inscrições em: sesc.com.br/ead 

Chamamento dos candidatos para apresentação dos documentos: 04/12/23 a 12/01/24

Início das aulas: 11/03/2024Cidades no RS com polo: Alegrete, Bento Gonçalves, Cachoeira do Sul, Camaquã, Canoas, Carazinho, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Farroupilha, Gravataí, Ijuí, Lajeado, Montenegro, Novo Hamburgo, Osório, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santana do Livramento, São Borja, São Leopoldo, Taquara, Torres, Tramandaí, Uruguaiana, Vacaria, Venâncio Aires e Viamão.

Continue lendo

Educação

Parlamentos se mobilizam pela Universidade Federal

Publicado em

em

Diversas Câmaras de Vereadores dos municípios da região estão mobilizadas pela criação da Universidade Federal da Serra Gaúcha. Até o final desta quarta-feira, 25, pelo menos 11 Legislativos já haviam aprovado moções de apoio à criação da instituição de ensino. Além das Câmaras de Serafina Corrêa, São Marcos, Protásio Alves, Nova Roma do Sul, Guabiju, São Valentin do Sul, Fagundes Varela, Garibaldi, Farroupilha, Antônio Prado e Nova Prata, o Parlamento Regional da Serra Gaúcha, o Corede-Serra e a Amesne também sinalizaram apoio à Universidade Federal da Serra Gaúcha.

A Deputada Federal Denise Pessôa PT-RS comemora a mobilização da região. Ela participou da reunião do Parlamento Regional em Nova Prata no início do mês, onde defendeu a criação da Universidade Federal na Serra Gaúcha. A parlamentar, que esteve no Ministério da Educação no início de agosto para tratar sobre a implantação da instituição aqui, reitera que o atual governo federal é simpático a essa antiga demanda da região.

“Se a gente tiver um ensino público com qualidade e gratuito, o filho do trabalhador terá oportunidade para ser o que ele quer ser e não o que sobra pra ele. Só temos ganho com essa proposta da universidade. Temos que ter mobilização e unidade na ação. Não é o momento de discutir onde será e, sim, demonstrar que esse é um interesse da nossa região”, afirmou.

A Deputada participará de duas reuniões que estão marcadas para debater o tema nas cidades da região. Uma delas é em Flores da Cunha nesta sexta-feira, dia 27 de outubro, às 8h, no auditório da Escola Estadual São Rafael. A outra reunião deve ocorrer dia 9 de novembro em Farroupilha.

Foto durante o Parlamento Regional em Nova Prata: Gabriel Lain / Divulgação

Continue lendo